16/05/2018 - 16:09
Com sistema lean, Mary Kay melhora logística, economiza tempo e otimiza estoque

"A filosofia lean deve ser o caminho que toda empresa deve adotar por representar um respeito aos clientes, que não aceitam mais pagar pela ineficiências e custos desnecessários", diz vice-presidente da empresa no Brasil

Uma das mais conhecidas empresas de venda direta de cosméticos do mundo, a Mary Kay já conseguiu resultados concretos em pouco mais de três anos implementado, no Brasil, o sistema lean, filosofia de gestão originária do modelo Toyota, que vem sendo adotada por organizações de diversos setores e em todo mundo.

Segundo Henrique Fonseca, vice-presidente de Operações e Manufatura da empresa no Brasil, com a adoção do sistema lean, a companhia já conseguiu obter, por exemplo, uma redução de mais 70% do tempo necessário para a execução dos processos de recebimento de produtos dos fornecedores, além de uma diminuição de mais de 40% no estoque de embalagens - só para citar melhorias em dois indicadores, que representam aumentos de economia e produtividade para a empresa.

Para o vice-presidente da companhia, o sistema lean tem a capacidade de tornar as organizações mais competitivas justamente com relação a quem mais interessa: o cliente. "A filosofia lean deve ser o caminho que toda empresa deve adotar por representar um respeito aos consumidores, que não aceitam mais pagar pelas ineficiências e pelos custos desnecessários nos produtos ou serviços, independente de qual segmento a empresa atue", resumiu Fonseca.

De acordo com ele, a Mary Kay vem implementando o sistema lean desde 2014, iniciando pelos processos na área de logística e depois avançando para as áreas de qualidade, planejamento, manufatura, customer service e mais recentemente em Marketing, Vendas e TI. Segundo o executivo, a empresa está trabalhando, principalmente, com os conceitos lean de mapeamento do fluxo de valor, de kaizen, de 5S, kanban e com o gerenciamento diário, todos conceitos fundamentais do sistema lean.

Para o vice-presidente da Mary Kay, o objetivo básico dessa mudança de gestão também é fortalecer as pessoas da empresa, outro pilar da filosofia lean: a cultura de melhoria continua. "Nosso intuito é fazer nossos colaboradores enxergarem o papel que eles precisam exercer, para transformar e aprimorar nossos processos. Essa missão é de cada um e não apenas de um grupo envolvido com esse objetivo", ressaltou o executivo.

A Mary Kay será uma das 50 grandes empresas que vão detalhar seus cases lean no "Lean Summit 2018", maior encontro lean do Brasil, que vai ocorrer nos dias 5 e 6 de junho, no Expo Center Norte, em São Paulo.

Além da Mary Kay, as empresas já confirmadas para o encontro são: Coca-Cola, Itaú, Nestlé, Embraer, Magazine Luiza, Sul América, Mercedes-Benz, Volvo, Cielo, Tigre, Kopenhagen, Land Rover, Electrolux, Whirlpool, Michelin, CBA, Beiersdorf, Alcoa, Gerdau, CI&T, Andrade Gutierrez, Brasken, Flex, Ânima Educação, Grupo Fleury, GE Transportation, Saint-Gobain, Schulz, GSK, Instituto de Oncologia do Vale (IOV), Sabó, Zen, Advocate Health Care, Ageo, Cooper Standard, Derco, Elosaúde, GCABE, Johnson Controls, Liberty Seguros, Mahle, Marco Polo, Novo Nordisk, Orizon, Patrus, Supremo Secil Cimentos, Spiltag, Technip FMC e VL!

A Mary Kay vai detalhar seu case lean na sessão "Integre o supply chain de ponta a ponta", que vai reunir casos de companhias que estão obtendo ganhos ao adotar o sistema lean na logística e na cadeia de fornecimento. Com isso, elas estão, por exemplo, reduzindo o lead time, os estoques, as filas e esperas de caminhões, ao integrar, de forma lean, fornecedores, produção e centros de distribuição para clientes.

Além do case da Mary Kay, essa sessão terá a apresentação dos casos da CBA, com a palestra de Luiz Jorge e Fernando Varella, diretores industriais da companhia, e também da Supremo Secil Cimentos, com as falas de Emerson Justu, gerente de Logística, e de Ernesto Leandro Cassiano Mendes, coordenador de Logística da empresa.

O Lean Summit 2018 é realizado pelo Lean Institute Brasil (ww.lean.org.br), entidade sem fins lucrativos, de São Paulo, que há 20 anos dissemina o sistema lean entre as empresas brasileiras. A entidade foi a segunda do tipo a surgir no mundo. A primeira foi a norte-americana (www.lean.org). Hoje, o instituto brasileiro é parte de uma rede de 28 institutos ou parceiros, distribuídos por dezenas de países, em cinco continentes (www.leanglobal.org).

Sobre a Mary Kay - Por mais de 54 anos, a Mary Kay tem se dedicado com sucesso a oferecer produtos irresistíveis e a oportunidade de um negócio independente para milhares de mulheres ao redor do mundo. A companhia, uma das maiores de vendas diretas do mundo e presente em cerca de 40 países, tem em seu portfólio: fragrâncias, produtos de cuidados com a pele desenvolvidos com a mais alta tecnologia e maquiagens inspiradoras. Para saber mais sobre a empresa ou localizar uma Consultora de Beleza Independente Mary Kay, visite: www.marykay.com.br. Para conhecer mais a respeito da carreira independente e histórias de mulheres que escolheram a Mary Kay e foram atrás dos seus sonhos, acesse: www.escolhimarykay.com.br.

Website: https://www.lean.org.br/lean-summit-2018.aspx?utm_source=ReleasePossendoroMaryKay&utm_medium=ReleasePossendoroMaryKay





Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.