24/12/2016 - 13:47
Tempo bom

Natal é nascimento, portanto é Natal todo dia! É um evento cristão, de fraternidade, já que está diretamente ligada ao nascimento de Jesus, há mais de dois mil anos.

O 25 de dezembro teria a função específica nos lembrar dessa data e seu significado, mas o dinheiro tomou conta do calendário.
Já que o sol nasce toda manhã, trazendo otimismo, possibilidades e esperança, e transformando o choro da noite em experiência e lembrança, podemos afirmar que o Natal é todo dia.
Um coração grato ajuda a entender esse processo.  

Nada contra dar (e receber) presentes, mas não devemos ser bonzinhos e gentis apenas no 25 de dezembro.
Devemos, sim, celebrar o Natal todos os dias. Temos um ano inteiro para fazer isso, de modo contínuo, lembrando de sua essência e verdadeiro sentido.
E o que dizer do ano novo, que chega na sequência. Dois e mil e dezessete é esperado com muita e ampla expectativa, já que 2016 se apresentou como um período difícil por inúmeras razões.

Zerar o cronômetro e recomeçar é muito bom, já que temos 365 dias novinhos para viver e realizar, lembrando que sempre é Natal.
Dois mil e dezesseis serviu para ficássemos mais maduros, fortes.  Aprendemos muito neste tempo. A lição não pode ser esquecida, se quisermos realmente dias melhores.

Muitos gostam de reservar momentos para a reflexão nesse período do ano. Isso é bom também. Devemos usar o retrovisor humano para corrigir rota, rever conceitos, renovar valores.

Para as crianças – e alguns adultos também – dezembro e janeiro juntos representam o tão esperado momento de férias. Então, é hora de aproveitar o tempo, aproveitar o dia, aproveitar a vida, conviver com a família, amigos, visitar quem mora distante, abraçar, beijar, praticar o amor. O dia melhor que tanto desejamos depende de nós. Pense nisso a cada amanhã, se possível assim que abrir os olhos.
Tudo de bom para todos nós!







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.