20/05/2014 - 15:35
O mural


Olá querido leitor!
Quero chamar sua atenção para o mural da sua empresa. É isto mesmo. Para que fim tem sido utilizado este tão precioso mecanismo de comunicação? Tenho visto verdadeiras aberrações.
Imagine se você fosse convidado para almoçar na casa de um amigo e ao chegar à sala de estar, desse de cara com um mural de recados cheio de ordens do tipo:
“Ao tomar banho, não deixe a cueca ou a calcinha jogada no banheiro, isso também serve para a toalha em cima da cama, Terminou de comer cada um deve lavar seu prato senão já sabe não e?... colocar os pés em cima do sofá ao assistir poderá acarretar castigo que irá desde umas palmadas até a proibição de ligara  TV por 1 semana.”
Acho que tá bom por aí. Você já viu algo parecido? Não? Pois eu já. E tem pouco tempo.
Por esses dias visitei uma empresa para realizar uma palestra motivacional com os colaboradores.
Pois segundo o Diretor, a equipe andava meio pra baixo, os funcionários estavam tensos, apreensivos com a possibilidade de serem demitidos.
Notei que o patrão estava também preocupado ao correr o risco de perder alguns de seus colaboradores.
Enquanto conversávamos, dei uma olhada de leve no mural da empresa, de relance, fiquei animado ao ver tantos recados pendurados, certamente esta é uma empresa que quer o melhor para seus colaboradores, e deve colocar sempre no mural, frases de otimismo e de incentivo motivacional.
È mas não era bem assim. Depois de ouvir as queixas do Sr. Diretor, tive a oportunidade de olhar bem o mural e o que vi vocês nem imaginam, quer dizer , bem que eu queria que não, mas o fato é que a exemplo daquela empresa muitas e talvez a sua segue esta linha
Havia sim muitos recados, mas não eram frases de otimismo não. Eram frases de terrorismo, ou melhor, terrorismo psicológico. Coisa do tipo:
“Não toleramos atestado, quem for pego com o celular no horário de trabalho sofrerá punição ou até expulsão. Favor bater o cartão às 18 horas, não pagaremos hora extra, não é permitido isso, não é permitido aquilo.”
“Puxa! Mas será que não vão parar as recomendações???”Pensei comigo.
Agora eu te pergunto: Qual a equipe se sentirá a vontade numa empresa como essa. E vou mais longe ainda, Como produzir bem?
Ordem é sim muito importante, todavia a melhor maneira de fazê-la reinar é através do dialogo. E tem mais, as regras são coisas que não competem a pessoas de fora, mas de dentro da empresa como você ouviu no exemplo anterior não se vê na casa do amigo um mural com aquelas normas, mas sabemos que elas existem.
Senhores gerentes, diretores, o mural da empresa é uma grande ferramenta de motivação e resultados dentro da empresa. Não a desperdice impondo regras e diretrizes assustadoras.
Esse tipo de liderança esta fadado ao fracasso. Liderar é colocar no coração de cada liderado o seu próprio sonho de líder. E como fazê-lo?
Recompensando o mesmo pelo que ele faz. Todos nós gostamos de elogios, de uma palavra de conforto nos momentos difíceis da vida. E quem não passa por momentos assim vez ou outra.
Portanto, aproveite o mural da empresa para esta finalidade. Escreva semanalmente frases e textos que reflitam os sonhos e ideais da empresa. Isto impressionará não só os colaboradores, mas todos que entrarem na mesma.
Mas não se esqueça de uma coisa: é bom deixar bem claro que a cueca ou a calcinha não pode ficar jogada no chão do banheiro mesmo, mas faça isso numa reunião interna e por favor não seja arrogante.

Até a próxima.

 


publicado na edição n° 68 de 17 a 23 de maio de 2014 do Jornal Gazeta de Votorantim, na página 16







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.