17/02/2017 - 20:07
Parte 2 - A experiência pedagógica beneditina em Sorocaba

(Parte 2 de 4)


Maria Aparecida de Lima Madureira *


O Lugar do Passado na História do Colégio Santa Escolástica

O Colégio Santa Escolástica é cuidado por religiosas que seguem a Regra de São Bento. A congregação mantenedora da escola faz parte da Ordem de São Bento.  A pesquisa sobre a história da instituição escolar trouxe a possibilidade de estudar a origem da ordem religiosa, que é milenar.  Bento de Nursia no século VI funda um mosteiro numa região italiana e ali elabora uma regra. A Regra de São Bento é um conjunto de princípios que organiza a vida comunitária nos mosteiros, sua síntese é  “ora et labora”  que traduz a essência do viver  beneditino.  Atualmente há inúmeras congregações e mosteiros beneditinos tanto femininos quanto masculinos   e a sede atual da ordem fica em Roma, na Itália.

O campo educativo desde sempre esteve ligado ao trabalho desenvolvido nos monastérios beneditinos  europeus. Na Idade Média essas comunidades religiosas foram as responsáveis em preservar a cultura clássica, compilando, traduzindo e copiando o que os autores gregos e romanos haviam produzido e que, de certa forma, as invasões bárbaras ameaçavam destruir. A preocupação com a formação intelectual dos religiosos que viviam nos mosteiros e a organização dos estudos, propiciou um arcabouço de experiências pedagógicas que deixaram um legado cultural e formativo para o Ocidente. Na Modernidade esse legado receberá a denominação de tradicional.

O Colégio Santa Escolástica é reconhecido  em Sorocaba como uma escola tradicional, quase sempre por ser uma escola confessional, católica, e com uma longa história na cidade.  No entanto, além de todas essas características há que se reconhecer o peso desse passado que contribuiu para que a Congregação das religiosas aqui chegassem e organizassem uma escola, que apesar de todas as rupturas ocorridas na contemporaneidade se mantivesse fiel à sua essência formativa que é tradicional por possuir uma finalidade cristã.

 

Maria Aparecida de Lima Madureira é doutoranda em Educação pela UNISO.

 

cidalimadureira@uol.com.br


 

 







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.