28/09/2017 - 15:28
Cerca-lourenço do Esporte Edição 237


Kaká Martins

Impossível não destacar mais uma vez a performance, a garra, e alegria que o Esporte Clube São Bento deu para sua torcida no último domingo.
Bem verdade o Bentão ainda não está garantido na série B do Brasileiro em 2018, mas deu um grande passo após vencer o Confiança de Sergipe pelo surpreendente placar de 2x0.Diretoria e comissão técnica tentam acalmar os ânimos da torcida, mas em vão, pois o clube trouxe do Nordeste sua classificação e acesso, a não ser que um “desastre” aconteça neste domingo, às 19 horas, no CIC.
Mais de 10.000 ingressos foram vendidos, e o torcedor que garantiu o seu, poderá testemunhar, o melhor momento e resultado já visto pelo clube.

***
O Vila Garcia, uma das agremiações mais carismáticas do nosso futebol votorantinense, fará a final da segunda divisão contra o Itaporanga.
O Vila venceu o Materiais Jd. Clarice por 1x0 no último domingo, tirando o favorito da final, e quebrando sua invencibilidade, desde então destacada no campeonato.
Humildade, união, história e garra colocaram esse time na final, provando que o investimento do adversário, não foi suficiente para diminuir o ânimo, ou a vontade da equipe em conquistar essa vaga para a final.
O Itaporanga levou um susto na primeira partida contra o Aliança, mas voltou a jogar bem, e mereceu estar na final da segundona.
Não existe favoritos, e a promessa é de excelente jogo de futebol para prestigiarmos no Estádio.

***
Dezesseis times disputarão a primeira divisão ano que vem, divididos em dois grupos, classificando quatro de cada grupo sendo rebaixados um de cada chave.
Aonde esses times buscarão jogadores de qualidade para preencherem seus “plantéis”, sinceramente, difícil responder, mas essa dificuldade será nítida, para a manutenção de um nível técnico excelente que a Várzea tem obtido nos últimos anos. Vai faltar jogador de qualidade, dois ou três times irão disparar na tabela, e ao menos a metade, irá “rebolar” para se manter na elite do futebol de Votorantim.
A agremiação que fechar agora seus elencos, (terão que desembolsar muito dinheiro), sairá na frente na montagem do elenco, e aqueles que retardaram esses contatos, dificilmente permanecerão na divisão.
Vamos torcer para o novo formato, e a nova filosofia dos times dar certo, pois será uma experiência inédita.
Tomara não caia o nível do futebol, tão bem jogado e disputado até este ano.

Kaká Martins é colunista da Gazeta de Votorantim, radialista e narrador esportivo.

 

Coluna publicada na página 12 da edição 237 da Gazeta de Votorantim de 23 a 29 de setembro de 2017







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.