03/10/2017 - 13:48
Orgulho de ter participado da Guarda Mirim
 Foto: Arquivo 

No desfile de dezembro de 1984

Os guardinhas mirins estavam presentes nos diversos comércios, prefeitura, indústrias e até nos parques infantis. Faziam parte de uma ação social visando formação, ética e moral do jovem, a inserção e preparação ao mercado de trabalho.

 Tudo começou quando o delegado titular Ennio Landulpho se mostrou preocupado com a formação dos jovens. Ao reunir representantes e lideranças expressivas dos segmentos locais aconteceu a fundação da Guarda Mirim de Votorantim, em 30 de setembro de 1971.

A primeira diretoria foi composta tendo como presidente Alfredo Metidieri, vice-presidente Mario Rosário Botessi, 1º secretário Aquiles Saracura, 2º secretário Laelso Rodrigues, 1º tesoureiro Ayr Pereira, 2º tesoureiro Luiz Júlio Primo, diretor de relações-públicas Roque Dias Prestes e formado um conselho consultivo presidido por Hélio Pataccine. Como presidente de honra foi escolhido o prefeito Luiz do Patrocino Fernandes.

Depois do comendador Metidieri assumiram a presidência Francisco Munhoz, Roque Dias Prestes, Edson Rodrigues, Lázaro de Góes Vieira até chegar em Gentil Pereira Garcia o sexto presidente.

No começo, parte dos guardinhas contavam com apitos, o acessório era usado para alertar e orientar no trânsito. A instituição também exerceu função importante na agência dos correios, que possuía somente um funcionário responsável pela entrega de correspondências a domicílio e haviam problemas quanto ao seu recebimento. A boa vontade dos guardinhas saindo diariamente pelos bairros resolveu temporariamente o problema.

Aos sábados pela manhã, todos se reuniam na sede para acompanhar palestras e orientações a sua formação. Além disso a Guarda Mirim telefonava nos locais de trabalho para saber se estavam agindo com presteza e obediência.

No início, não possuía sede e funcionou provisoriamente no parque infantil Helena Pereira de Moraes. Também ocupou uma sala do serviço de alto-falante na rua Sorocaba, depois no prédio ocupado na época pela Câmara e também numa sala da rua Albertina Nascimento. Atualmente funciona na rua Alfredo Maia, na sede inaugurada em 1 de agosto de 1987.
           
Cesar Silva é jornalista e autor de três livros sobre a história local
Visite a Fanpage no Facebook: “Histórias da Minha Cidade –Votorantim”

 

Coluna publicada na página 13 da edição 238 da Gazeta de Votorantim de 30 de setembro a 06 de outubro de 2017







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.