10/10/2017 - 12:08
Cerca-lourenço do Esporte - Especial Dia das Crianças


Maísa Lauren

Além de ser essencial para a saúde, o esporte contribui com a inclusão social no Brasil. Também impede que a criminalidade chegue às crianças e jovens.
O esporte também contribui para a formação do cidadão, ensinando práticas de disciplina, respeito, interação, empatia e trabalho em equipe, que são indispensáveis para que se conviva em comunidade. Também contribui para o autoconhecimento tanto para a saúde mental ou física. Projetos esportivos para crianças de baixa renda, são promovidos pela Prefeitura por meio da SEDESP,  porém, poderíamos levar mais atividades aos quatro cantos da cidade, pois vejo praças, campos, parques vazios e ociosos, especialmente aos finais de semana. As pessoas querem atividades. O que resta é dar oportunidade para elas.
Porém, nem todos os projetos ou todas as iniciativas do Brasil e do mundo poderiam alcançar todas as comunidades, há casos de isolamento, onde crianças sem recursos ainda passam muito tempo nas ruas absorvendo coisas negativas, muitas vezes se envolvendo com drogas e prostituição para o sustento.
Portanto, é realmente necessário que os projetos de inclusão social relacionados ao esporte se expandam. Escolas de futebol, grupos de xadrez e damas, corridas, projetos em escolas onde tais recursos são escassos seriam uma grande iniciativa e benefício, além das atividades praticadas ao ar livre, como ioga, também contribuem para o bem-estar da população. O mundo anda muito “nervoso”, e só o esporte aliado com bons estudos poderão tirar essas crianças e jovens do caminho do mal.

Maísa Lauren Deves Martins, 17 anos, é estudante e filha do colunista da Gazeta de Votorantim, Kaká Martins.

 

Coluna publicada na página 12 da edição 239 da Gazeta de Votorantim de 07 a 13 de outubro de 2017







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.