15/05/2018 - 11:58
Cerca-Lourenço (edição n° 267)


A semana que muitos gostariam que não tivesse existido
A Polícia Federal deflagrou na quarta-feira (09), em parceria com a Controladoria Geral da União, a Operação Prato Feito, para desarticular cinco grupos criminosos suspeitos de desviar recursos da União e nossa Votorantim entrou no noticiário nacional como uma das cidades que pode ter havido desvios de recursos de merenda de nossas crianças.
Quando a Polícia Federal chegou no Paço Municipal, causou surpresa em todos. Mesmo discretos, os policiais foram em busca de documentos e coube ao secretário Fabio Lugari ser o agente municipal a entregar os documentos e contratos de gestões passadas para os policiais.
Mesmo quem não tinha nada com o assunto ficou apreensivo e preocupado, pois quando a notícia foi dada pelos veículos de comunicação nacionais não se tinha total ideia da extensão da operação. Além de apreender documentos, uma funcionária pública também foi ouvida. Leia a matéria completa na página 3.

Golpe?
A Câmara de Votorantim viveu momento atípico na última terça-feira (08). Sabendo que Luciano Silva (PSDB), vereador licenciado, voltará à sua função de vereador já no próximo dia 12 de junho, foi apresentado e colocado em votação em uma sessão extraordinária, um projeto de resolução de autoria da Mesa Diretora para alterar a regra para vereadores que têm pretensão em concorrer à presidência da Câmara no segundo biênio.

Luciano correu, sentou na primeira fileira e olhou na
cara de cada colega vereador

Fuzuê e corre-corre.
Luciano Silva (PSDB) estava em horário de almoço, na última terça-feira, quando resolveu ver pela internet o que estava acontecendo na Câmara Municipal.
Foi tomado por surpresa e indignação, pois o que estava em debate dizia respeito a suas intenções de concorrer à vaga de Presidente do Legislativo. A proposta visava restringir a candidatura de um vereador interessado em assumir a presidência da Mesa Diretora no segundo biênio da legislatura àqueles que tenham exercido a vereança no mínimo há um ano ininterruptamente.

Buscou auxílio com o prefeito
Luciano jogou o prato e correu na Câmara, mas antes passou no gabinete do Paço na intenção de obter auxílio de Eric Romero e do próprio prefeito Fernando Oliveira Souza, mas não encontrou nenhum dos dois. Na sequência, foi para a Câmara e chegou no exato momento das discutições do assunto.
Foi Luciano sentar no auditório e o constrangimento tomar conta de vários vereadores
Tudo acabou bem, graças, possivelmente, à presença de Luciano Silva. Num primeiro momento, alguns votos eram incertos, como foi o caso do vereador do PSDB que está na vaga de Luciano Silva, Ezequiel de Oliveira, que num primeiro momento cogitou em acompanhar um pedido da vereadora Fabíola Alves para postergar a discussão, mas depois foi contra a iniciativa da Mesa Diretora.
O projeto não foi aprovado, pois recebeu apenas três votos favoráveis, dos vereadores Ita (PPS), Mauro do Materiais (PTB) e Fabíola Alves (PSDB). O presidente, Bruno Martins, só votaria em caso de empate. Desta forma, caso retorne ao legislativo, Luciano poderá concorrer.

Quem ganhou; quem perdeu?

O saldo desta tentativa infeliz de barrar a possibilidade de Luciano Silva ser um candidato à presidência da Câmara foi que os possíveis aliados de Luciano hoje não têm a confiança dele (Luciano); e os vereadores com os quais Luciano não tinha afinidade ou mesmo vínculo político agora estão bem no seu conceito.

Em quem ele confia e em quem ele deixou de confiar
Luciano falou ontem a esta coluna e garantiu que a partir de agora muda muita coisa; principalmente sobre em quem ele confia e em quem ele deixou de confiar: “... mesmo o prefeito Fernando Oliveira sendo adversário político de Heber Martins (PDT), pastor Lilo (MDB) e Zelão (PT), hoje vejo nestes colegas de Câmara as pessoas com quem não terei nenhum problema de caminhar politicamente, pelo simples fato de terem sido eles que saíram em minha defesa. Gratidão: esta é a palavra. Quanto aos que tentaram me golpear, para estes perdi o respeito e acredito que vai ser muito difícil eles reverterem isto”.

Não quero conversa

Luciano Silva disse ainda à coluna: “Estes que tentaram este golpe e esta manobra conseguiram com que eu apoie um nome da oposição para a presidência. Foi este o saldo da tentativa de golpe contra mim”. Com Ita (PPS), Fabíola Alves (PSDB) e Mauro do Materiais (PTB) não quero conversa, é uma questão de coerência e de respeito comigo mesmo”.


Debate político
O grupo Juventude em Ação fará no próximo sábado (19) um debate sobre política, com exposição de opiniões e debate de assuntos de abrangência nacional, inclusive.
O debate reunirá diversas classes políticas, inclusive partidos de Votorantim e região. Autoridades e vereadores confirmaram presença, segundo o presidente Murilo Piatti.  O evento ocorrerá na sede do grupo localizada em na Av. 31 de Março 519, Centro, 2º  andar e terá início às 09h30. Mais informações e confirmação de presença: (15) 99639-3671.

Orçamento
Chegou à Câmara de Votorantim na terça-feira (08) o projeto do executivo com as diretrizes orçamentárias para 2019. O orçamento previsto para a cidade para o ano que vem é de R$ 386 milhões. Agora, audiências públicas serão feitas antes do projeto ir para votação no plenário.

Pastor de carteirinha

Nas discussões dos requerimentos na última sessão legislativa (08), dois vereadores se exaltaram quando debatiam o requerimento do vereador Ita (PPS) sobre a falta de manutenção da Unidade Básica de Saúde do Jd. Serrano.
O Pastor Lilo (MDB), que deixou de ser presidente do MDB na cidade à revelia, perdendo o posto para o secretário de Saúde Junior Silveira, não perdeu a chance de mirar o secretário. Já o vereador Ita (PPS), irritado por ter sido atacado nas redes sociais na última semana, fez um desabafo na tribuna e questionou a profecia cristã do colega, insinuando que ele poderia nem ser pastor.
Lilo, por sua vez, fez questão de exibir sua credencial para provar que é pastor.


Publicado na edição nº 267 de 12 de maio de 2018 do Jornal Gazeta de Votorantim, página dois.







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.