28/05/2018 - 10:59
Cerca-Lourenço (edição n°269)


Bruno Martins, Luciano Silva, Ezequiel de Oliveira e Landito são expulsos do PSDB
           
Em reunião convocada pela executiva do PSDB, que reuniu os membros do diretório na última quinta-feira (24), o diretório deliberou e aprovou por unanimidade o relatório apresentado pela comissão de ética e disciplina partidária que dispunha sobre a expulsão de quatro membros do PSDB que infringiram a legislação estatutária durante as eleições e posteriormente ao pleito. Os apontamentos relatavam infidelidade partidária do vereador Bruno de Almeida Martins, Luciano Silva e dos suplentes Ezequiel de Oliveira e Orlando Herrera Dias (Landito).

Depois da expulsão Bruno manda recado
O Presidente da Câmara publicou em suas redes sociais, no início da semana, um aviso que mais parecia um recado, que dizia: “Amigos, a partir de hoje serei um vereador independente na Câmara Municipal, não serei situação e nem oposição, como sempre fomos pela população”.
Para quem teria sido o recado é a pergunta que fica, bem como se isto tem a ver com a eleição da mesa no final de 2018 ou tem a ver com o governo municipal.
 
Lê Baeza está decidido a assinar sua desfiliação do Partido Verde (PV)
O vice-prefeito Lê Baeza assinará sua desfiliação do Partido Verde (PV) na próxima segunda-feira (28). Segundo Lê Baeza, o que gerou esta decisão de deixar o partido (PV) foi uma série de discordâncias com o presidente e secretário de Meio Ambiente (Sema), Wilson Miramontes. Lê Baeza disse à esta coluna que o secretário Miramontes não o respeita como vice-prefeito e que suas decisões e atitudes são sempre reprovadas por Miramontes; e que o auge da crise aconteceu na última semana, no gabinete do prefeito Fernando Oliveira (DEM).
Bate-boca no gabinete do prefeito
Lê Baeza preferiu não dar detalhes desta discussão entre ele e o secretário Miramontes, mas garantiu que a falta de respeito foi enorme, não só por ter acontecido no gabinete do prefeito, mas pelo que ele (Lê Baeza) foi obrigado a ouvir.

Agressão de ambos os lados
Lê Baeza admite que após as agressões verbais perdeu o controle e acabou falando tudo o que pensa do presidente e do seu então partido, e teria devolvido o desrespeito a Miramontes.

O descontentamento não é de hoje
Na conversa com esta coluna, Lê Baeza disse que vem descontente há tempos, pois não tem apoio do partido em suas ações dentro do governo e seu nome pouco ou quase nunca é colocado em evidência, principalmente no grupo de WhatsApp do PV.

Executiva estadual do partido não valorizou a vitória do PV em Votorantim
Outra mágoa de Lê Baeza é o fato da executiva estadual do PV não ter sequer feito uma ligação telefônica para parabenizá-lo por ter sido eleito vice-prefeito de uma cidade tão importante como Votorantim.
 
Agora quer conhecer a forma como outros partidos se organizam
Quanto a um novo partido, o vice-prefeito Lê Baeza disse que a partir de agora vai fazer uma análise dos partidos organizados em Votorantim, e sempre que for convidado para reuniões vai aceitar, para assim conhecer cada legenda partidária da cidade, e garante que não vai fazer distinção, e em 2019 fará a escolha por qual partido se filiará.

Miramontes não quer que o Lê saia, mas se sair...

A coluna entrou em contato com o secretário e presidente do PV, Wilson Miramontes, que foi mais moderado ao tratar do assunto. Segundo Miramontes, o que houve foi “...uma discussão de trabalho na qual houve uma exaltação; mas nada que não possa ser resolvido com diálogo e conversa”; e acrescentou que Lê Baeza é importante para o PV de Votorantim, e que ele (Miramontes) vai trabalhar para restabelecer a harmonia, mas que vai agir como sempre agiu, respeitando a decisão de filiados que não se sente bem no partido e o deixando livre para qual for a decisão.

Encontro de pré-candidatos do PT em Votorantim
Os pré-candidatos Izídio de Brito e Hamilton Pereira, a deputado federal e deputado estadual, respectivamente, pelo Partido dos Trabalhadores, estiveram na quinta-feira, em mais um evento na cidade de Votorantim, no Jardim São Lucas. Os dois participaram de um encontro com simpatizantes do partido e convidados no local, em um salão de igreja.

PSOL de Votorantim realiza atividade em que decidirá se o partido lançará alguém do município como deputado federal
O Diretório Municipal do PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) de Votorantim realiza nesta segunda-feira (28), às 19h, uma reunião com a presença de filiados, simpatizantes e apoiadores em que decidirá se o partido lançará alguém do município como pré-candidato a deputado federal nas eleições de 2018.
O advogado e atual presidente do PSOL de Votorantim, Rodrigo Chizolini, é um dos nomes que pode ser indicado como pré-candidato a deputado federal. A reunião acontecerá no Parque Bela Vista, na rua Joana Milani, 96.
 
Gaguinho demite todos os seus assessores
E o vereador Gaguinho surpreendeu sua assessoria, pois sem prévio aviso demitiu os dois assessores comissionados que lhe davam auxilio na Câmara. Os motivos não foram ditos pelo vereador; mas uma coisa é certa: os novos contratados chegam cientes de que o chefe Gaguinho, para dispensar o assessor, não avisa com antecedência, ou seja, os novos podem dormir assessores do Gaguinho e acordarem desempregados.

De volta
O vereador votorantinense Luciano Silva (sem partido), que estava licenciado do cargo desde abril de 2017, quando assumiu a Secretaria de Desporto de Votorantim, retornou à Casa legislativa e na terça-feira (22) participou da sessão legislativa na Câmara Municipal de Votorantim. O seu suplente, Ezequiel de Oliveira (sem partido), deixou a Câmara na última sexta-feira (18). Já a Secretaria de Desporto é ocupada interinamente pelo Secretário de Governo Eric Romero.

 

 

Publicado na edição n°269 de 26 de maio a 01 de Junho de 2018, da Gazeta de Votorantim, página 02.

 

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.