11/06/2018 - 14:27
Ceca-Lourenço (edição n°271)


A vergonha que o Gaguinho nos faz passar
Não podia terminar de forma diferente; quando o senhor José Antônio de Oliveira (DEM), ou para quem preferir, Gaguinho, veio com a história de não deixar mais seus assessores entrarem no gabinete para o exercício de suas funções, com o argumento de que os assessores estariam praticando atos que poderiam comprometer o mandato do vereador (Gaguinho), já se sentia no ar um cheiro de que os fiéis escudeiros de Gaguinho não iriam deixar barata a situação constrangedora em que o até então chefe os estava colocando.

Gazeta mostrou os dois assessores fora do gabinete
Na última madrugada da última quarta-feira, dia 6, a Gazeta de Votorantim publicou em seu Portal sobre a situação dos assessores, que ficaram impedidos de acessar o gabinete do parlamentar. Ambos disseram que irão se defender no momento em que forem convocados e que estão tranquilos em relação à denúncia. A matéria da Gazeta de Votorantim dizia que o   vereador Gaguinho teria decidido denunciar seus assessores para a Procuradora Jurídica da Câmara, Laudiceia Soares.

Gazeta foi procurada por vários veículos de comunicação
No mesmo dia (6), redações de jornais, rádios e TVs da região e também da capital passaram a entrar em contato com a redação da Gazeta de Votorantim para obter mais detalhes sobre a curiosidade do vereador da cidade: trancar a porta de seu gabinete e impedir a entrada de seus assessores. A equipe de jornalismo orientou a todos que procuraram a Gazeta de Votorantim a entrar em contato com a assessoria de imprensa da Câmara de Votorantim.
 
Tiro no pé
Porém, a matéria sobre a história que era de dois assessores impedidos de trabalhar se transformou em uma das denúncias mais comprometedoras envolvendo um vereador da cidade.
Com gravações telefônicas e fotografias, os assessores que estavam sendo acusados passaram a ser acusadores, e diferentemente de Gaguinho, os seus ex-funcionários estavam repletos de provas contra o vereador: fotos que mostram Gaguinho distribuindo cesta básica com o carro da Câmara, levando pacientes em tratamento para São Paulo, capital, além de imagens que exibem uma cadeira de roda no porta-malas do carro oficial.

Viajando e conhecendo lugares
Como se não bastasse, os assessores acusam o vereador de não só utilizar o carro para fazer favores para os seus eleitores, mas também para sua própria diversão e lazer; viagens de turismo pelo interior de São Paulo eram constantes, segundo os denunciantes. E isto foi comprovado pela quilometragem que o vereador nestes um ano e cinco meses conseguiu executar. A TV TEM e o site G1 apuraram que o que Gaguinho rodou neste tempo daria para dar a volta ao mundo.

Bruno diz que vai submeter o caso à Comissão de Ética
Com a repercussão negativa para a Câmara e para a cidade, a Comissão de Ética da Casa de Leis vai se reunir na próxima semana para verificar se cabe punição ou advertência ao vereador Gaguinho; mas para o presidente Bruno Martins, “...dificilmente os vereadores vão querer se indispor com o colega, pois a prática da carona para tratamento médico, mesmo não sendo permitida, vários vereadores fazem, pois se trata de atender a pessoas que estão em verdadeiro desespero; e o poder público municipal nem sempre consegue atender à demanda. Aí acaba sobrando para os vereadores”, disse Bruno Martins.

...Carro para tratamento tudo bem, mas viagem de passeio, não dá....
Bruno, porém, enfatizou que: “...o que não dá para tolerar é o vereador usar o carro oficial para fazer turismo pessoal, como foi mostrado que ele fez, e é o que vamos levar para o Conselho de ética”.

O que pensam os Democratas (DEM)
Apesar de Gaguinho ter se distanciado de Fernando Oliveira Souza (DEM), seu padrinho político e do DEM, legenda pela qual foi eleito, a notícia chegou nos diretórios dos Democratas, obviamente de forma muito negativa. Para o presidente de diretório da região, que pediu para não ser identificado, “... a política brasileira passa por um dos momentos mais críticos, em que os maus exemplos do uso das coisas públicas vêm de cima; e nós aqui embaixo teríamos que ser a referência positiva de política. Portanto, para se dar o exemplo, provando que houve irregularidade ou má conduta, tem que ser punido”. 
 Pedro Nunes e Fabio Lugari em férias
 Dois secretários municipais estão em férias: o secretário de Serviços Públicos (SESP), Pedro Nunes Filho, que volta dia 22 de julho e está sendo substituído neste período por Paulo Roberto Madazio; e o secretário de Administração
(SEF), Fabio Lugari Costa, que volta ao cargo no dia 21 de julho, quem o substitui neste período é Jéssica Russo Dde Camargo Teixeira, que é secretária de Finanças.
 
Novo secretário de Desporto “chega chegando”...
Fato inédito dentro da organização da Copa Votorantim Sub-15 (Copinha) foi publicado no Jornal Município de Votorantim de ontem (08). Anunciou-se a comissão organizadora da Copa Votorantim Sub-15 de 2019, ou seja, com sete meses de antecedência, coisa nunca vista desde que a Copinha foi criada há 24 anos atrás.
Os membros da comissão são eles: João Carlos de França, representando a Secretaria de Desporto; Luiz Paulo Fernandes Lopes de Oliveira, representando a Secretaria de Governo; Luciano Tonon Oliveira, representando a Secretaria de
Administração; Jesse James Dos Santos, representando a Secretaria de Cultura, Turismo e Lazer; Luiz Demetrio Marcos, representando a Secretaria de Educação; Kamal Yoshikatsu Katsumata, representando a Secretaria de Finanças; Carolina Leite Barasnevicius, representando a Secretaria de Negócios Jurídicos; Eder Luiz do Nascimento, representando a Secretaria de Obras e Urbanismo; Robson Cesar Conservani, representando a Secretaria deSaúde; Edson de Almeida de Camargo, representando a Secretaria de Serviços Públicos; Inspetor Cleber Roberto de Abreu, representando a Guarda Civil Municipal; Robson Alberto Ribeiro de Alvarenga, representando a Comissão Municipal de Assistência Social (COMAS).
 
INSS de Votorantim em novo endereço
O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), com o prazo finalizado de propostas para proprietários que tenham imóvel para ser locado pelo órgão federal, fez a avaliação. O responsável pelo trabalho de vistoria e avaliação dos imóveis foi o engenheiro do INSS, Jeferson Zuliani, e em uma destas ruas de Votorantim, será a nova sede do Instituto Nacional do Seguro Social: Rua Antônio Fernandes; Rua Candido do Santos; Rua Alfredo Popps ou Avenida São João.

30 anos de Polícia Civil
Após completar 30 anos na Polícia Civil, o investigador votorantinense Jose Carlos Fadini irá agora desfrutar da sua aposentadoria. Fadini desempenhou desde 1988 um trabalho exemplar, nesse órgão tão esquecido pelo Estado, se desdobrando para servir a sociedade. Ele também sempre colaborou com a imprensa, agindo com educação com todos aqueles que o procuravam.


Publicado na edição n°271 de 09 a 15 de junho de 2018 da Gazeta de Votorantim, página 02.

 







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.