03/09/2018 - 10:25
Baião de 2

 

A origem cearense do prato é atestada também pelo folclorista Câmara Cascudo citando como referência a obra de 1940, Liceu Cearense, de Gustavo Barroso. O baião, por ser uma mistura de dois elementos da culinária brasileira apreciados e de fácil acesso, o arroz e o feijão, é muito comum em áreas rurais. É possível perceber que ele é feito principalmente à noite para que seja aproveitado o restante do feijão cozido durante o dia. E existe dupla mais popular que essa? Arroz com feijão já se completam, combinados com carne-seca, queijo de coalho e bacon então... vai dar samba, ou melhor, baião!
Bora pra cozinha!!!

Ingredientes:

• 1 xícara de arroz cozido
• 1 xícara feijão cozido (al Dent)
• Cebolinha a gosto
• Coentro a gosto
• 400 g de carne seca
cozida e desfiada
• 3 queijos coalhos
• 1 colher de sopa de manteiga
• ½ xícara de bacon
cortado em cubos
• 2 dentes de alho picado
• ½ cebola picada
• 200 ml de caldo de legumes

Modo de preparo:
Comece picando salsinha, o coentro e o bacon. Em uma frigideira grelhe o queijo coalho dos dois lados até ficar douradinho, reserve. Refogue a carne seca na manteiga e deixe fritar até ficar crocante, espere esfriar.
Frite o bacon até ficar dourado e crocante, acrescente manteiga, alho e cebola picados e refogue até a cebola começar a ficar transparente. Junte o arroz, o feijão, o caldo de legumes e misture bem até o caldinho ser absorvido. Desligue o fogo e acrescente o queijo coalho cortadinho em cubos, a carne seca e por último o coentro e a cebolinha. Misture bem.
Ótima semana!

 

 

 

Coluna publicada na edição n°283 da Gazeta de Votorantim de 01 a 06 de setembro de 2018, página 15.







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.