16/04/2019 - 10:34
Entre a heresia e a profecia

+ Dom Theodoro A. C. de Oliveira Bispo Diocesano e Primaz - Província Anglicana de Cristo Salvador w

“Os filhos deste mundo são mais prudentes na sua geração do que os filhos da luz” (Lc 16, 8).
O dogma não pode escravizar, mas deve libertar e conduzir-nos na plena unidade com o Eterno e com os irmãos. É um abismo entre o profetizar e tornar-se um apóstata pela própria mãe que te condena.
A rejeição se faz caminho para a transcendência da alma além muros institucionais e ofusca a pureza e o ânimo da luta interior. Então gritas: “Que é a verdade?” (Jo 18, 38). Eis o que se impera é o próprio silêncio do Mestre diante do Pilatos que há em cada um de nós... e o juiz se retirou sem condená-lo!
Profecia que te conduz ao fogo e que te queima dia a dia, pois o profeta nunca morre... Humilhado te levantas e entre as vaias dos fanáticos te exaltas como um filho a mais na multidão dos perdidos.
Não te turbe filho, pois entre o que dizem e o que fazes há um abismo... Ninguém conhece profundamente a imensidão da alma!
A denúncia e o servir em vil heresia se tornou e o profeta onde ficou?
Sem morada continuou, pois a mãe Igreja que o abandonou já não mais o amamentou.
Ah como pode um filho ficar sem o leite? Segue o rumo sedento como o mendigo no alto da Cruz: “Tenho sede” (Jo 19, 28).
Não te detenhas não hás de calar... no longo caminhar em alma livre andarás. Herege ou profeta serás?


Publicado na edição nº 312 do jornal Gazeta de Votorantim, de 13 a 18 de abril de 2019, página 10.







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.