25/06/2019 - 10:31
Edis na lida (edição n°322)

Transparência na troca de hidrômetros

O vereador presidente Pastor Lilo (MDB) cobrou o chefe do Executivo, a Empresa Águas de Votorantim e a AGERV (Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Município de Votorantim) para que apresentem estudos ou laudos que justifiquem a necessidade da troca de hidrômetros na cidade. Segundo Lilo, vários munícipes, assim como ele, receberam em suas residências uma equipe da empresa Águas de Votorantim com ordens de serviço para a troca desses equipamentos. “Há três anos eu recebi em minha casa uma equipe da Águas de Votorantim para a troca de hidrômetros e na ocasião, me informaram que não seria cobrado o hidrômetro, porém, a conta veio em dobro. E agora, vários munícipes me procuraram, surpreendidos com essa troca de hidrômetros que tem sido realizada, novamente, sem qualquer justificativa. Estou pedindo esclarecimentos para a empresa e alertando a população: se alguém receber em sua casa a ordem para a troca de hidrômetros, não autorize até que tenhamos uma resposta”, alertou o parlamentar que questionou ainda, se há cobrança dessa troca e se esse valor é discriminado na fatura e quantas residências receberam esses reparos no último mês. 

 

Desassoreamento do Rio Sorocaba

O vereador Bruno Martins (sem partido) apresentou questionamento à atual gestão sobre quando foram realizados os últimos serviços de desassoreamento e limpeza das margens do rio Sorocaba e se o município tem um cronograma para a realização desses serviços. Segundo Bruno, a ideia é alertar a Prefeitura para que realize os serviços antes que tenha início o período de chuvas. “Fui procurado por moradores reclamando de enchentes em especial próximo ao bairro da Chave. Então, antes que chegue o período de chuvas e os moradores e comerciantes da parte baixa da cidade venham a sofrer, já queremos pedir para o Prefeito, que possa agilizar a contratação da máquina do Estado que demora cerca de três meses para ser liberada e assim garantir o desassoreamento do rio”, afirmou Bruno. O parlamentar cobrou também, a retirada do lixo que fica às margens do rio e no período de enchentes acaba sendo levado com as enxurradas. “Isso além de deixar a nossa cidade feia, com aspecto de abandonada, também contribui para a proliferação de doenças”, finalizou.

 

Iluminação em avenida do Parque São João

O vereador Heber Martins (PDT) questionou a existência de algum tipo de estudo para a implantação de postes em toda a extensão do canteiro central da avenida Vereador Octaviano de Góes Vieira, no Parque São João. “Esta é uma questão de segurança pública e a população do Parque São João, transeuntes, motoristas, comerciantes e moradores tem sofrido com a falta de iluminação no local. São mais de 3 mil pessoas morando na região e que, no período noturno, sofrem com a iluminação em apenas um lado da avenida. A onda de assaltos já aumentou por conta do ambiente propício para ação de desocupados. Esperamos ser contemplados e sabemos que não é um serviço caro se comparado aos benefícios que trará aos moradores dali”, explicou Heber. O parlamentar cobrou que o serviço seja realizado ainda em 2019, e pediu informações sobre quais ações podem ser tomadas pela atual gestão para melhorar a iluminação da referida via.

 

Brinquedos adaptados para crianças

O vereador Pr. Dr. Luiz Carlos (PSL) apresentou requerimento por meio do qual questiona a possibilidade de o Executivo realizar estudos para viabilizar a instalação de brinquedos adaptados para as crianças com deficiência. “Há um projeto no Brasil que prevê a inclusão de brinquedos adaptados e adaptáveis para crianças, e queremos trazer essa oportunidade para Votorantim. As crianças têm o direito de brincar, e com isso se desenvolver em vários aspectos como estímulo da criatividade, melhoria da coordenação motora e muitos outros benefícios, além, claro, de permitir a socialização, a integração com outras crianças e a quebra de paradigmas e preconceitos, permitindo a reintegração da criança ao convívio social”, defendeu o parlamentar.   O Pr. Dr. Luiz Carlos sugeriu ainda, que esses brinquedos sejam adaptáveis para que possam ser transportados para espaços e eventos promovidos por entidades assistenciais ou pela própria administração pública.

 

Limpeza e manutenção em vias e praças da cidade

O vereador Ita (PPS) cobrou a administração municipal para que seja realizada a manutenção dos aparelhos localizados na Praça Esportiva e Recreativa Geraldo Soares Leitão, no Parque Jataí. Ita cobrou também que a Operação Cidade Viva seja realizada na região do bairro Jardim Serrano e adjacências, com a execução de serviços de revitalização de sinalização de solo nas vias, limpeza e manutenção de praças e calçadas, pintura nas guias, operação tapa-buracos onde se fizer necessário, e demais serviços englobados pela referida operação.“Este requerimento é simples, mas de extrema importância. Queremos um mutirão para deixar a cidade mais limpa, mais segura para os munícipes. Tem alguns brinquedos e espaços no Parque Jataí que estão há mais de dois meses sem manutenção. É preciso ter consciência de que, quando é realizada a manutenção, a durabilidade é maior”, lembrou o parlamentar.

 

Redução da reprovação escolar no Ensino Fundamental

O vereador Luciano Silva (sem partido) questiona o Executivo sobre quais são as ações da Secretaria Municipal de Educação para a redução da reprovação escolar no Ensino Fundamental. O parlamentar questiona ainda, se existe hoje, alguma estatística da secretaria indicando a porcentagem de alunos que não estão frequentando a escola regularmente e se há a possibilidade de implantação de um programa visando reintegrar essas crianças ao ambiente escolar. Luciano pede também informações sobre a existência de um Conselho de Educação na cidade, qual sua estrutura e os nomes dos integrantes do mesmo.

 

Utilização dos recursos Estadual e Federal No Município

O vereador Zelão (PT) cobrou o Executivo para que informe e comprove através de documentos, quais foram os recursos recebidos dos Governos Federal e Estadual desde o início da atual gestão em 2017, para quais secretarias foram destinados, quais foram obtidos por meio de emendas parlamentares e quais foram os repasses da administração do Prefeito Erinaldo Alves da Silva. “Queremos saber qual destino tem sido dado aos recursos Estadual e Federal recebidos e como estão sendo aplicados. Recebemos um planejamento de obras que até agora não saíram do papel. Por isso, queremos um detalhamento de todos os recursos recebidos até agora, pois não sabemos se os mesmos estão chegando ou não. Temos visto o anúncio de várias obras, de recapeamento e asfaltamento de diversas vias, inclusive aqui nessa Casa de Leis, mas isso não saiu do papel. Por que os serviços na rua João Cândido Strombeck agora estão sendo apresentados como contrapartida se já havia verba prevista para as obras? Para onde foi direcionada?”, questionou Zelão. O parlamentar quer saber ainda se a cidade deixou de receber algum recurso por falta de prestação de contas ou elaboração de projetos.

 

Falta de comemoração do Dia Das Mães nas Escolas Municipais

O vereador Alfredo Pissinato Junior (PPS) apresentou requerimento no qual questiona se o Executivo tem conhecimento do descontentamento de mães de alunos que esperavam as comemorações do Dias das Mães nas escolas públicas municipais. “Essa questão pode parecer ultrapassada, mas fui procurada por várias mães de alunos que foram para a festa que não era para mães, era para a família e nem sequer foram citadas. Por isso, gostaria de saber qual o projeto da Prefeitura para celebrar de forma adequada uma data de tamanha importância em comemoração às mães. Existe uma Lei Federal que instituiu o Dia das Mães no calendário oficial do país todo. Entendo que o intuito seja não constranger crianças que não tem suas mães e que vivem em outras estruturas que são chamados de família, mas será que é justo deixar de celebrar as mães? Não podemos substituir o Dia das Mães pelo Dia da Família, isso é inconcebível”, afirmou o parlamentar.

 

Acúmulo de funções de profissionais em Creches e Escolas Municipais

A vereadora Fabíola Alves (PSDB) apresentou requerimento no qual questiona a atual administração sobre a ausência de coordenadores pedagógicos em algumas EMEIEFs (Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental) assim como CMEIs (Centros Municipais de Educação Infantil) e como esse déficit de profissionais tem prejudicado as crianças. “Em visita à algumas escolas, vimos que que os profissionais estão sobrecarregados e isso caba prejudicando o ensino, o que é preocupante uma vez que temos, constantemente, falado aqui sobre a importância da educação. Todas as escolas têm o seu quadro de profissionais onde cada um tem seu papel, não é para diretor fazer papel de coordenador e vice-versa. Recebi relatos de profissionais que estão enviando ofícios à Prefeitura e não obtém uma resposta oficial, apenas são avisados de que não é possível chamar ninguém no momento. É preciso valorizar esses profissionais e dar a devida estrutura para que possam trabalhar da melhor forma para as nossas crianças”, informou a parlamentar.

 

Manutenção de vias do município

O vereador Mauro do Materiais (PTB) apresentou, durante a sessão desta terça-feira (18), indicações com providências a serem tomadas pelo Executivo para manutenção da cidade. São elas:   concerto nas tampas de bueiro da Rua Ursulina Rinaldi Verlangieri, em frentes aos números 125 e 252, no bairro Parque Bela Vista; operação “tapa-buracos” na rua Maria dos Santos Moreira em frente ao número 591, no bairro Vossoroca; instalação de uma placa indicando mão única de direção na rua Enrico Violino no bairro Parque Bela Vista.

 

 

Coluna publicada na página 02 da edição nº322, do jornal Gazeta de Votorantim, de 22 a 28 de junho de 2019.







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.