29/07/2019 - 14:39
De Rua do Comércio à Avenida 31 de Março

Rua do Comércio, em 1964

Próximo às margens do Rio Sorocaba se formou no início do século passado um caminho onde viria a ganhar o nome de Rua do Comércio, em alusão a alguns serviços que foram se instalando aos poucos, para atender a viajantes que conduziam o transporte de cargas em mulas.

Eram oferecidos alimentos e utensílios, consertos de carros de boi e até espaço improvisado para pernoitar. De forma tímida, o local ganhou importância e essa área de passagem atendeu a sitiantes e minimizou os esforços dos que passavam com tropas de animais.

Com o tempo o comércio se diversificou e foi ampliado, em consequência do fluxo de moradores das vilas operárias que foram surgindo e o atendimento de sitiantes nos arredores.

A rua de terra ganhou o pavimento em paralelepípedo. Melhorias como o asfalto só ocorreram após a emancipação e instalação do município. Já o antigo centro na rua Lacerda Franco foi aos poucos sendo transferido para a Rua do Comércio.

Após desapropriações e a duplicação da Rua do Comércio, nas comemorações do 8º aniversário de Emancipação Político-Administrativa de Votorantim, precisamente em 8 de dezembro de 1971, era inaugurada a avenida 31 de Março.

Com a entrega da obra também ocorreu aprovação da Lei Municipal 189, alterando a denominação de Rua do Comércio para Avenida 31 de Março. O ato oficial ainda aponta em um de seus artigos a necessidade de constar nas placas indicativas espalhadas na extensão da via pública os dizeres “Movimento Revolucionário de 1964”, numa clara homenagem ao golpe militar sofrido pelo país.

Uma avenida que poderíamos nos orgulhar de seu nome se fizesse homenagem a alguma personalidade ilustre da história local. Imagine se fosse Avenida Doutor Garcia, ele que foi conhecido como o “médico dos humildes” ou então Avenida “Mathias Gianolla”, o grande líder do movimento da emancipação de Votorantim.

Nos anos 80 a avenida sofreu por várias vezes com alagamentos e enchentes. De lá para cá, vem recebendo desfiles cívicos e comemorativos, além de ser o nosso principal corredor viário.

 

Cesar Silva é jornalista e autor de três livros sobre a história local

Visite a Fanpage: Histórias da Minha Cidade –Votorantim

 

Coluna publicada na página 14 da edição nº327, do jornal Gazeta de Votorantim, de 27 de julho a 02 de agosto de 2019.







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.