02/09/2019 - 15:01
Votorantim já se destacou na caprinocultura

O Capril em 1979

A iniciativa de um garoto de 14 anos de criar cabras ganhou força e os negócios se expandiram além do corte e produção leiteira. Até que nos anos 70 e 80 Votorantim se tornou um polo reconhecido na criação de cabras no estado de São Paulo.

Domingos Metidieri Filho, o popular Minguito, foi o empreendedor que viu no ramo da caprinocultura um negócio altamente rentável. Tinha a produção leiteira transformada em queijo e vendida semanalmente em mercados e comércios segmentados na Capital.

A criação começou no quintal da sua casa na avenida Gabriel Pizza, hoje avenida Luiz do Patrocino Fernandes. O rebanho era composto por 200 cabeças, entre machos e fêmeas. A produção diária de mais de 60 litros de leite, ordenhados em dois períodos do dia, era levada para a queijaria montada num espaço do AREM, a Associação Recreativa dos Empregados da Metidieri.

Preocupado em melhorar a qualidade do rebanho, Minguito investiu na variedade de raças ao adquirir exemplares de Mambrina, Parda Alemã, Anglo-Nubiana e Jamnapari. Em 1984 realizou uma reforma em todo o capril ao trocar o madeiramento por instalações de alvenaria. Fez novas aquisições, importando do Canadá um casal de Toggenburg e outro da raça Saanen.

Entre os destaques do rebanho o bode Barão, que ganhou premiação em 1979 da Secretaria de Agricultura do Estado de São Paulo e uma cabra que deu à luz a quatro cabritos num mesmo parto. Havia ainda um projeto que não foi levado adiante, o de promover no início dos anos 80 uma inseminação artificial para garantir o nascimento do primeiro cabrito de proveta no Estado.

Já em 1991 Minguito estava cansado, com problemas de saúde e o capril exigindo um serviço de atendimento diário, foi quando decidiu encerrar suas atividades.

Além do capril, Minguito se tornou o primeiro presidente da Câmara Municipal e também eleito vereador na terceira legislatura. Antes disso, havia sido diretor e técnico do Metidieri Futebol Clube nos anos 50 e 60 e chefe do Almoxarifado na indústria do irmão Alfredo.

 

Cesar Silva é jornalista e autor de três livros sobre a história local / Visite a Fanpage: Histórias da Minha Cidade –Votorantim

Coluna publicada na página 14 da edição nº332, do jornal Gazeta de Votorantim, de 31 de agosto a 06 de setembro de 2019.







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.