12/11/2019 - 13:19
Hospital Santo Antônio Homenagem aos 70 anos de fundação

O Hospital Santo Antônio foi inaugurado no dia 21 de janeiro de 1949. Foi construído pelo Grupo Votorantim para atender principalmente aos funcionários da empresa e a seus familiares, o hospital passou a ser considerado como referencia médica desde a sua entrada em funcionamento, tendo prestado atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) a toda a população de Votorantim até o ano de 1997, quando foi rompido o convenio com a Prefeitura.

O primeiro diretor clínico do hospital foi o médico Dr. Cassio Rosa, que viabilizou a aquisição de equipamentos norte-americanos de ponta e a formação de corpo médico da instituição. 

A equipe de clínicos foi completada em 24/06/48, com a vinda de seis irmãs da Ordem da Consolata, da Itália, todas formadas em enfermagem pela Cruz Azul Italiana. Entre elas havia duas dentistas, uma farmacêutica e uma obstetra. Eram elas: Carlalberta, que era a superiora e supervisora, Beatriz, Boaventura, Celsina, Chiarina e Rina. A Ordem manteve as irmãs prestando serviços ao Hospital até 1991, quando elas partiram de Votorantim para desenvolver trabalhos comunitários em países da África. 

O hospital Santo Antonio investiu em qualidade e eficiência para manter o alto conceito que construiu ao longo de cinco décadas, tornando-se um patrimônio valioso da comunidade. O hospital é muito bem equipado e, utilizando racionalmente o seu espaço físico e suas aparelhagens, abriu espaço para o trabalho de mais de 200 médicos, das mais variadas especialidades. 

Desde a sua fundação, o hospital contou com os melhores médicos. Era uma equipe de renome formada, por exemplo, pelo Dr. José Stilitano, pelo cirurgião Lineu Matos Silveira, que chegou a presidente da Faculdade de Medicina de Sorocaba, o ortopedista Rui Amparo, o clínico José Miranda Filho, Dr. Prestes, Dr. Heitor Alvino, o cirurgião Lauro Fogaça, Dr João Rozas e o Dr Péricles, este último um exemplo de esforço, pois começou trabalhando na tecelagem da Industria Votorantim.

O símbolo do Hospital Santo Antonio foi o saudoso Dr. José Garcia da Costa, que dedicou 40 anos ao hospital, tendo sido seu diretor clínico por 30 anos. O ditado que diz que a medicina é um sacerdócio encontrou nele a sua confirmação: ele não tinha limite de horário para atender os chamados e se comovia com as situações difíceis que testemunhava. Mas não ficava só nas lágrimas: procurava um jeito de ajudar. 

Esta homenagem é também dedicada a memoria da saudosa Zenaide, que por muitos anos, foi abnegada e eficiente recepcionista do hospital. Atendia de maneira gentil e simpática. Deixou saudades...


Coluna  publicada na página 13, da edição nº 342, da Gazeta de Votorantim, de 09 a 14 de novembro de 2019.







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.