10/03/2020 - 12:13
Coluna do Kaká Martins - As "lambanças" e a ansiedade do poder público em mostrar serviço "enterram" projeto social do basquete

Algo anda muito errado na comunicação dos poderes executivo e desportivo. Há menos de três semanas, a Prefeitura de Votorantim anunciou uma parceria público-privada com a recém-criada equipe de basquete Hawks de Sorocaba, que além da equipe sub-14 masculina, também traria um projeto social para crianças que moram nas imediações do Altos de Votorantim, onde se localiza o novo e "moderno" Ginásio Não-poliesportivo.

A recém-inaugurada quadra do Ginásio Altos de Votorantim sofreu, segundo moradores e frequentadores uma intervenção que danificou e diminuiu suas dimensões oficiais mediante a instalação das tabelas de basquete, que seriam usadas nos jogos do novo time de Votorantim, os Hawks. O próprio secretário de esportes, em sua página no Facebook, afirmou que o problema foi criado pela empresa contratada. Pelas informações dadas para a imprensa, o time arcaria com as despesas da tabela e placar eletrônico. Porém, depois de muitas reclamações e denúncias de que algo "errado" estaria acontecendo na quadra, a Prefeitura interveio para "salvar" o lindo piso, caríssimo e ainda pouco usado da quadra, que custou milhões de reais aos cofres públicos. 

Ninguém sabia de nada!

O piso teria sido furado, e a quadra diminuída sem conhecimento do poder público, sem estudos, e pegado todos de surpresa, indignando os frequentadores, que reclamaram nas redes sociais os prejuízos que nitidamente a mudança iria causar em outras modalidades praticadas naquela praça esportiva.

Internautas inclusive comentaram que a tabela poderia ser móvel e não fixa, e que agora, a prefeitura teria que tapar os buracos deixados pela empresa.

O problema parece resolvido pelo secretário de Desporto, mas é lamentável que a situação tenha chegado a esse ponto, visto que o patrimônio público entregue a população foi um presente para aquela região da Vila Nova Votorantim e adjacências, que vislumbra muitos projetos sociais e não só o basquete, que é muito bem-vindo também, mas não é uma unanimidade.

No final das contas, o Hawks resolveu estabelecer parceria com o Sesi para mandar seus jogos no campeonato paulista. Mas, e o tão prometido projeto para 1000 crianças?

Aliás, erraram, na minha opinião, quando aprovaram os projetos das quadras dos ginásios Mirante e Altos de Votorantim. Pelo orçamento alto e demora na construção e entrega dos mesmos, deveriam pensar no contexto poliesportivo, como é feito nas quadras do Sesi, Sesc e quadras particulares.

Essas quadras foram projetadas há décadas, e até os dias de hoje servem seus praticantes de Voleibol, Futsal, Hóquei, Basquetebol, Handebol e outros.

As tabelas foram instaladas nas paredes ou fixadas distantes das linhas da quadra. Os "furos" das traves de goleiros são tampados adequadamente e milimetricamente instalados sem comprometimento do atleta ou desnível. (Dependendo da modalidade, ou do evento, as traves são removidas). Os ‘postes’ da rede do Vôlei, idem. 

Nossos ginásios são novos e receberam investimentos altos e, portanto, deveriam ser projetados como poliesportivos, afinal, qualquer cidadão que conhece o mínimo de prática esportiva deveria saber que ali seriam disputadas várias modalidades, e não só o futsal e handball.

É ótimo que também são disputados competições como judô e tênis de mesa nesses locais. Mas isso é pensar pequeno demais. Não culpo a atual administração pelos projetos mal executados, pois vieram da gestão Cassola, Pivetta e Erinaldo.

O secretário Raul Bueno, mais uma vez foi "sapecado" na última sessão do legislativo, e parece que está absorvendo os erros do executivo, numa demonstração de falta de entendimento, autonomia e poder.

Raul está sendo "fritado" e o prefeito e seu secretário de Governo parecem não se incomodar com as críticas da população e imprensa, que tem acompanhado de perto as trapalhadas do desporto público.

Faltou planejamento e não dinheiro para termos os melhores ginásios da Região Metropolitana. Quem paga esse mico?

Votorantim deveria dividir ou receber as competições dos jogos Regionais e jogos abertos Sorocaba 2020. A maior competição do esporte amador do Brasil.

Queria saber como a cidade vai explicar para os organizadores e sua população, que nem todos os esportes ali poderão ser praticados. Que vergonha. Se vai fazer, que faça bem feito, pois não se brinca com dinheiro do povo.


Coluna publicada na página 13, da edição nº 354, da Gazeta de Votorantim, de 07 a 13 de março de 2020.







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.