18/02/2015 - 15:04
Votorantinense amarga aumento da gasolina e da energia elétrica

O ano mal começou e, além dos tradicionais compromissos como IPTU, IPVA, material escolar, o votorantinense tem ainda que amargar o aumento de combustíveis e também da energia elétrica.  O aumento dos combustíveis coloca o Brasil na contramão do mundo, como o único país onde haverá aumento, enquanto no resto do mundo haverá queda de preços, por conta da derrubada no valor do barril de petróleo.
E por que isso acontece? O Brasil, ao contrário dos outros países, por questões meramente políticas, segurou artificialmente o preço do combustível pelos últimos quatro anos, mesmo quando o preço do petróleo subiu. No resto do mundo, se aumentasse o preço do petróleo, consequentemente a gasolina também subia.  Hoje, a Petrobrás amarga um buraco muito grande em suas e que precisa ser recuperado agora. Acabou que o governo plantou uma inflação num momento extremamente delicado e impróprio, comprometendo a economia já combalida no país. Se fosse mais prático e menos político o nosso governo, aumentando aos poucos ao longo do tempo, o momento hoje seria de queda no preço.
Mas não é só. O votorantinense que se cuide de diminuir o consumo de energia elétrica, porque a dependência do potencial hidroelétrico nacional aliado a escassez de água, eleva a tarifa e ainda aplica pesadas multas se houver aumento no consumo médio das residência. Um país como o nosso, com potencial para geração de energia eólica, ou seja, aquela produzida pelo vento ainda é ínfima e que não aproveita a grande incidência de raios solares para aproveitamento da energia solar, beira o ridículo.
Uma política de financiamento de aquecedores solares para diminuir o consumo de chuveiros, poderia reduzir em muito o consumo de energia elétrica nos horários de pico de consumo ajudando a economia de energia elétrica e preservando o bolso do cidadão.
Enquanto os governos pecam pela incompetência administrativa e pela falta de visão de mundo, você paga a conta da falta de planejamento e gerencia da nação.


publicado na edição n° 105 de 14 a 20 de fevereiro de 2015 do Jornal Gazeta de Votorantim, na página 14







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.