08/04/2015 - 11:41
Quando você chorar


 

Manoel Peres Sobrinho

 

Quando você chorar,

Eu quero estar perto.

Suas lágrimas enxugar

E apontar o rumo certo.

 

Quando você se perder,

Eu quero ser seu Caminho.

Mostrar o que é viver,

A não amaldiçoar o espinho.

 

Quando você estiver só,

Eu quero lhe fazer companhia.

Levantar seu rosto do pó,

Aquecê-lo em noite fria.

 

Quando a morte, enfim, chegar,

Com seu longo braço negro,

Não tenha medo, nem pesar,

A casa de meu Pai é seu abrigo.

 







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.