13/04/2015 - 17:32
Fala Cortez


Programa Melhor em Casa - uma fórmula de sucesso que precisa ser ampliada

A Gazeta de Votorantim trouxe na capa da sua última edição, de nº 112, matéria que relata o tratamento dos acamados de Votorantim, feito através do Programa Melhor em Casa.

Um programa que tem trazido benefícios a centenas de votorantinenses e milhares de brasileiros em igual programa por todo o país. 
Isso nos mostra que nem tudo está perdido, que é possível imaginar que o Estado é capaz de cuidar da saúde da sociedade de maneira eficiente e com qualidade. Essa é, em verdade, uma fórmula que vem sendo aperfeiçoada ainda que de maneira tímida, mas que vem apresentando resultados excepcionais.

Poderia, ou melhor, Deveria ser ampliado e estendido na sua forma e raio de atuação, abarcando uma gama ainda maior de atendimentos, aumentando as enfermidades e tratamentos contemplados pelo programa.
Entretanto, esbarra na burocracia e no tão comum argumento de “falta de verba” para a extensão ou mesmo da continuidade do programa em alguns locais.

Não é difícil imaginar que o subsídio na formação de médicos com o compromisso de atuação em programas como esse, propiciaria um grande aumento na saúde física e financeira do Estado como um todo. Distribuiria-se saúde e Educação atingindo tanto quem pretende ser médico quanto quem dele precisa para atendimento.

Ao nosso ver, programas de tanta qualidade e abrangência como esse, esbarram na total ausência de necessidade de atendimento por parte daqueles que gerenciam a saúde, que invariavelmente possuem planos de saúde que abrangem todos os tipos de tratamento e os melhores médicos e hospitais.

Quiçá um dia, sejamos administrados por quem tenha olhar voltado para a necessidade das camadas mais carentes de atendimento e pelos desejosos do conhecimento e da prática da medicina que, entretanto, não são capazes de suportar tão altos custos da Educação.

Resta-nos para o momento, aplaudir as equipes que cuidam de nossos acamados que, apesar de poucos os contemplados, são muitíssimo bem atendidos por profissionais de grande engajamento e comprometimento com a causa humana.
E que um dia, permitam a multiplicação de práticas de tamanha importância como essa.

publicado na edição n° 113 de 11 de a 17 de abril de 2015 do Jornal Gazeta de Votorantim, na página 12







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.