05/05/2015 - 13:07
Enquanto isso, no Hospital Regional...



Algumas coisas acontecem à nossa volta, que se contada para alguém de algum país de primeiro mundo, fatalmente nos seria dado o título de mentirosos.
Isso porque é difícil de acreditar que um hospital manteria uma idosa de 84 anos por 60, 90 dias em um leito, frise-se que escasso, pelo simples fato de que não existe no hospital e em nenhum outro do estado, uma prótese para implante.
Para quem não se lembra do que seja uma prótese, digo que é um daqueles pedaços postiços do corpo que eram vendidos superfaturados e alguns vencidos em matéria de enorme repercussão nacional no Fantástico da Rede Globo.
E parece que os problemas do Conjunto Hospitalar de Sorocaba não terão fim. Em matéria televisiva, um médico que não sabia estar sendo filmado afirmava que determinado produto era entregue três vezes no ano e só durava 15 dias, ou seja, falta o ano todo.
Entretanto, as autoridades insistem em nos tentar fazer acreditar que a saúde no país vai bem, obrigado!
Intriga-me apenas o fato de que isso se repete ano após ano, sem que nós nos indignemos a ponto de mudar a situação com uma revolução pelo voto, exigindo dignidade, respeito e atendimento pelo menos nas necessidades básicas.
Já passou da hora do Brasileiro, cidadão batalhador, ter de volta, através de benefícios, os mais caros impostos desse país.
Penso que se as pessoas que nos governam hoje, tivessem aprendido diferente nos bancos escolares, nossa situação fosse diferente.
Se homens públicos soubessem contar até 10, sem exigir 10 por cento em cada conta, as pessoas pudessem ter hospitais mais dignos e mais ágeis.
Talvez, se tivessem realmente aprendido, não estariam mandando polícia bater em professor e jogar pimenta em seus olhos.
Eu espero do fundo do meu coração que você não precise de uma prótese no CHS.
Pode ser uma experiência traumática por demais...







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.