25/01/2016 - 15:10
Já estamos com saudades


A 21ª Copa Brasil de Futebol Infantil de Votorantim se encerra neste domingo (24) e cumpriu, até o momento, o papel de promover o nome da cidade e dar entretenimento ao público futebolístico. Também trouxe recursos financeiros aos estabelecimentos comerciais devido ao seu potencial turístico, além do torneio tradicionalmente revelar talentos para o mundo da bola.

A recompensa do investimento em tempos difíceis - como os de hoje - impede uma avaliação em curto prazo, mas a competição se mostra como uma grande “arma” política e de orgulho para qualquer cidadão votorantinense. A cada edição da Copinha, o nível técnico cresce e neste ano se mostrou “assombroso”. Palmeiras, Internacional, Cruzeiro, São Paulo e Coritiba, por exemplo, trouxeram elencos que encantaram os torcedores que estiveram no Estádio Municipal Domenico Paolo Metidieri, ou aqueles que acompanharam pela TV Votorantim – Canal 10 ou pela Internet (www.tvvotorantim.com.br).

Jogos e jogadas memoráveis de meninos em nível de sub-15 que estão praticando futebol de gente grande. Há alguns anos, essas partidas eram marcadas por “chutões”, displicência ao passar ou chutar a bola a gol, insegurança ao efetuar determinada jogada, enfim, falhas grotescas.  Hoje não. Os treinamentos táticos e físicos, adotados pelos clubes, elevaram o nível e técnica destes meninos. E claro: o mundo dos negócios do futebol também forçou a mudança de estilo, pegando como referência a Europa.

Esses garotos são sondados e muito provavelmente muitos deles nem conhecerão o Campeonato Brasileiro ou participarão de jogos em seu país natal. Valerão milhões dentro de alguns anos e muitos deles já assinaram, por meio do consentimento dos pais, contratos milionários.

A cada final de partida, jogadores e comissões técnicas se reúnem analisando e assistindo aos DVDs, sendo do próprio time ou de adversários. Performance atlética, condicionamento físico e até hidro relaxamento fazem parte do processo de preparação para os próximos confrontos. Tudo é levado em conta e nada parece passar em “branco” nesta categoria nos dias de hoje.

Votorantim está definitivamente no calendário do futebol mundial. E que ninguém ouse um dia “pensar” em excluir essa grande festa da nossa cidade, pois é um evento que nos orgulha.

Um dos méritos da cidade é promover o torneio em meio às chuvas do mês de janeiro. O município teve e tem peito para a promoção do evento, porém correndo muitos riscos. Mas só corre risco quem arrisca e só colhe quem planta. Em meio as instabilidades climáticas, a organização conseguiu agradar ao munícipe, os clubes que participaram da competição, público, jogadores e familiares. Que venha 2017, pois já está batendo aquela sensação de saudade de tudo isso que rolou na terra do cimento nestes últimos dias.

 

Coluna publicada na página 15 da edição 152 da Gazeta de Votorantim de 23 a 29 de janeiro de 2016







Deixe seu Comentário

Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.