Anterior

Paralisação dos motoristas do transporte urbano pegou os votorantinenses de surpresa

15/04/2015

Anterior

Próxima

Vaccari desviou dinheiro para o PT durante dez anos, segundo investigação715

16/04/2015

Próxima
16/04/2015 - 08:06
Programa apoia participação de filmes brasileiros em eventos internacionais


Quatro longas-metragens, um média-metragem e seis curtas, da recente produção do cinema brasileiro, além de dois de projetos audiovisuais, terão  presença em eventos internacionais confirmada com a ajuda de um programa da Agência Nacional do Cinema (Ancine), que visa a promoção do cinema brasileiro no mercado externo e beneficia filmes selecionados para 90 festivais e 31 laboratórios e workshops ao redor do mundo.

Um desses filmes é o longa Prometo um dia deixar essa cidade, de Daniel Aragão, selecionado para a competição oficial do 17º Bafici – Buenos Aires Festival Internacional de Cine Independiente, que começa hoje (15) na capital argentina. Do mesmo evento participa com auxílio do programa da Ancine o média-metragem Nova Dubai, de Gustavo Vinagre, enquanto os projetos Até onde o vento alcança, de Aline Portugal e Julia de Simone, e Muito romântico, de Gustavo Jahn e Melissa Dullius, foram selecionados para o laboratório Buenos Aires LAB, realizado no âmbito do festival.

Já para o festival Visions du Réel, que tem início na sexta-feira (17) e vai até 25 de abril na cidade de Nyon, na Suíça, três filmes brasileiros que receberam apoio completo do programa estão representados. São eles os longas Seca, de Maria Augusta Ramos, na competição internacional, e A morte diária, de Daniel Lentini, na seção Novo Visual, e o curta Dorsal, de Carlos Segundo e Cristiano Barbosa.

Ainda este mês, outros dois eventos europeus receberão curtas-metragens brasileiros com apoio da Ancine. No 12º Indie Lisboa, de 23 de abril a 3 de maio, na capital portuguesa, competem os filmes A invenção da noite, de Tomás von der Osten e Quinze, de Maurilio Martins. Na Alemanha, o 61º Festival Internacional de Curtas-metragens de Oberhausen, de 30 de abril a 5 de maio, conta com três filmes brasileiros: Vistas e Visões, de André Francioli da Conceição,Vertiéres I,IIIII, de Louise Botkay e Corda, de Pablo Lobato.

Ainda com o apoio do programa, o longa-metragem Campo de Jogo, de Eryk Rocha, disputa o prêmio Golden Gate, no 58º Festival Internacional de Cinema de São Francisco, nos Estados Unidos, de 23 de abril a 7 de maio.  

Intitulada Programa de Apoio à Participação de Filmes Brasileiros em Festivais Internacionais e de Projetos  de Obras Audiovisuais Brasileiras em laboratórios e Workshops Internacionais, a iniciativa conta com três categorias de auxílio. Duas delas englobam apoio financeiro, que varia de R$ 2 mil a R$ 5 mil a cada representante do filme no evento internacional. As regras para a concessão do apoio estão disponíveis no site www.ancine.gov.br  .

(Da Agência Brasil)










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.