Anterior

Resultado da segunda chamada do ProUni já está na internet

06/07/2015

Anterior

Próxima

Apresentadora Flavinha Cheirosa, realiza o Primeiro Arraiá com Pets

06/07/2015

Próxima
06/07/2015 - 13:02
Publicações científicas da Uniso triplicam em quatro anos


O número de publicações científicas realizadas pelos professores pesquisadores da Universidade de Sorocaba (Uniso) mais que triplicou nos últimos quatro anos, conforme o relatório anual referente a 2014. De 91 publicações, em 2011, entre artigos em periódicos, capítulos de livros e produção de livros, a produção saltou para 318, no ano passado.

Entre as publicações consideradas de maior relevância em 2014, está um artigo assinado por um grupo de docentes do Mestrado em Ciências Farmacêuticas, no periódico internacional “Colloids and Surfaces B: Biointerfaces”. O trabalho, coordenado pelo professor Victor Balcão, foi elaborado em colaboração com os professores Fernando de Sá Del Fiol, Marco Vinicius Chaud e Marta Vila, com a participação da mestranda Cassia Antunes Glasser e do pesquisador da Unicamp, professor Matthieu Tubino.

Pelo Programa de Pós-Graduação em Educação, o professor Marcos Reigota, em parceria com os pesquisadores da PUC/SP, Mary Jane Spink e Mario Henrique da Mata Martins, publicou o artigo “Repertórios linguísticos da interdisciplinaridade em periódicos brasileiros na área de Psicologia”, na revista Paideia, da USP, considerada A1 no Qualis, a mais alta classificação da Capes/MEC.

Já no Mestrado em Comunicação e Cultura, os professores Paulo Celso da Silva e Monica Martinez tiveram a publicação do artigo “Fenomenologia: O uso do método em Comunicação” na Revista E-Compós, A2 pelo sistema WebQualis da Capes, uma das mais bem avaliadas da área de Ciências Sociais Aplicadas.

O Mestrado em Processos Tecnológicos e Ambientais, por sua vez, destaca a publicação recente do livro “Conectando peixes, rios e pessoas”, organizado pelo professor Welber Senteio Smith e lançado em 28 de maio, aproveitando a proximidade com o Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho).

Esse é apenas um recorte da produção científica da Universidade, que tem se destacado no cenário nacional. Exemplo disso é o professor Victor Balcão, dos Mestrados em Ciências Farmacêuticas e em Processos Tecnológicos e Ambientais, que está entre os três mil cientistas brasileiros cujas pesquisas tiveram o maior número de citações em trabalhos científicos, divulgados na internet, segundo levantamento realizado em fevereiro pelo “Webometrics Ranking of World Universities”.

Conforme explica o professor José Martins de Oliveira Júnior, Pró-Reitor Acadêmico, o crescimento da Universidade, enquanto produtora de conhecimento, se deve a uma série de fatores, dentre os quais o incentivo à pesquisa, o amadurecimento dos programas, a aprovação de vários projetos em agências de fomento e a melhoria do parque de equipamentos científicos.

“Tudo isso se somando ao aumento das publicações fazem parte de estratégias que criarão as condições necessárias para a expansão da Pós-Graduação”, explica o professor, comentando que o próximo passo é implantar o Doutorado nos Programas de Ciências Farmacêuticas e de Comunicação e Cultura.

 

Universidade de Sorocaba

Assessoria de Comunicação Social









Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.