Anterior

Hospital promove último curso de gestante do ano

01/10/2017

Anterior

Próxima

Homem é baleado no Jardim Serrano, em Votorantim

01/10/2017

Próxima
01/10/2017 - 22:33
São Bento perde para o CSA no primeiro jogo da semifinal da Série C

A partida aconteceu neste domingo, 1, às 19 horas, no CIC

Foto: Jesus Vicente Repórter Autônomo/ Divulgação

 

O São Bento recebeu na noite deste domingo, 1, no Estádio Walter Ribeiro (CIC), às 19 horas, o CSA, de Alagoas, para o primeiro jogo da semifinal da Série C do Campeonato Brasileiro. Mas antes da bola rolar, foi feito um minuto de silêncio em respeito à Adélia Maria Fieri Garcia, mãe do Diretor de Patrimônios do São Bento, Sergio Augusto Garcia, falecida na última quinta-feira, dia 28, em Sorocaba.

O jogo seguia intenso, mas equilibrado, até que aos 33 minutos do segundo tempo, Edinho chutou cruzado pela área são-bentista e a bola acabou sobrando para Dawhan chutar e marcar o único gol da partida. O Azulão volta a campo no próximo sábado, dia 7, às 19h30, pelo jogo de volta da semifinal da competição contra o mesmo CSA, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Para garantir a vaga na final, o time do técnico Paulo Roberto Santos precisa de uma vitória com um gol de diferença. O empate é dos donos da casa e se a partida terminar em 1 a 0 para os sorocabanos, o avanço à próxima fase é decidido nos pênaltis.

No primeiro tempo, a partida foi agitada. Tanto o São Bento, quanto o CSA tiveram dificuldades para mostrarem os seus jogos. Aos poucos, o time de Alagoas foi aproveitando mais os espaços cedidos pelo Azulão, que bem marcado, não conseguia criar. A única boa chance de gol do São Bento veio aos 26 minutos em cobrança de falta na entrada da área batida por Maicon, parando na boa defesa do goleiro Motta. Pelo lado do CSA, aos 33, Celsinho cabeceou para o gol e Rodrigo Viana espalmou, na sobra, Dawhan chutou forte para outra boa defesa do goleiro beneditino.

Na volta do intervalo, o CSA deu um susto no São Bento antes do primeiro minuto. Depois, o Azulão tentou pressionar, mas logo o jogo ficou equilibrado. Boas chances de gol apareceram pelos dois lados, mas foi o time de Maceió quem marcou: aos 33 minutos, Edinho chutou cruzado e forte na área são-bentista, e a bola acabou sobrando para Dawhan que aproveitou e marcou o único gol da partida, deixando o placar em 1 a 0 para os visitantes. 

“Não é uma situação irreversível. Tentamos furar o bloqueio do adversário, mas não tivemos a paciência necessária para rodar a bola. Sabíamos que correríamos riscos, mas tentamos buscar o gol, tivemos até chances reais de marcar, mas perdemos no detalhe. Lógico que se não vencesse, mas também não perdesse, estaríamos em situação melhor, mas o placar de 1 a 0 não nos tira totalmente da briga pela final”, explica Paulo Roberto Santos, técnico do São Bento.

O São Bento foi à campo com Rodrigo Viana; Muriel, Rogério, Mateus Silva (cartão amarelo), Marcelo Cordeiro (capitão); Fábio Bahia, Éder, Maicon Souza (Cassinho); Everaldo, Caio Cézar (Branquinho) e Anderson Cavalo (Leandro Love).

A comissão de arbitragem foi composta pelo juiz principal Caio Max Augusto Vieira, auxiliado por Flávio Gomes Barroca e Vinicius de Melo Lima; o quarto árbitro foi Katiucia da Mota Lima.

Público presente: 3.681 torcedores

Renda: R$ 81.565,00

 

Dia do Idoso

Em comemoração ao Dia do Idoso, celebrado neste domingo, dia 1, convidamos 11 sócios-torcedores são-bentistas da Terceira Idade, a entrarem em campo junto com os jogadores do São Bento; incluindo a Dona Lelé, de 81 anos, eleita embaixatriz do clube em setembro.  

 

Fonte: Assessoria de imprensa










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.