Próxima

Aumento do preço do gás pesa no bolso do votorantinense

23/10/2017

Próxima
23/10/2017 - 13:08
Votorantim apresenta queda em índice de eficiência administrativa de 2016

Segundo pesquisa, Educação e Saúde obtiveram resultados negativos
 Foto: Divulgação  

Vanessa Corrêa
(programa de estágio)


A cidade de Votorantim apresentou queda no 3° Índice de Efetividade de Gestão Municipal (IEGM), medido pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP). Os dados de 644 municípios foram divulgados na última semana e são referentes a gestão municipal de 2016.

O IEGM avalia sete dimensões do orçamento público, subdivididos em cinco pontuações (A, B+, B, C+ e C). Segundo o TCE-SP, a pesquisa mede a qualidade dos gastos municipais e avalia as políticas e atividades públicas, no caso em questão os dados disponibilizados são da antiga gestão municipal do ex-prefeito de Votorantim, Erinaldo Alves da Silva (PSDB).

Entre os anos de 2015 e 2016, Votorantim apresentou queda nos índices de Educação; passando de B (efetiva) para C (baixo nível de adequação); e Saúde, de B+ (muito efetiva) para C+ (em nível de adequação). Os dados de Planejamento e Gestão Fiscal mantiveram-se estagnados e também apresentam resultados negativos; com nota C (baixo nível de adequação).

Os quesitos que continuaram com avaliação positiva foram Meio Ambiente, com B+; Cidade Protegida, obteve resultado A (altamente efetiva); e Governança em Tecnologia da Informação apresentou B (efetiva).

A cidade de Alumínio também apresentou resultados negativos, ambos os municípios ficaram com as piores notas da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), com a avaliação C, ou seja, com baixo nível de adequação. A abrangência geográfica da avaliação é de todas as cidades localizadas em território paulista, com exceção do município de São Paulo (Capital). A média das 27 cidades da RMS foi classificada com nota B.

Ainda segundo o TCE-SP, o relatório tem como finalidade fornecer às prefeituras “a possibilidade de comparar o desempenho de seu município com outros similares, possibilitando identificar melhores práticas”. Todos os números são baseados em informações fornecidas pelas próprias cidades durante a fiscalização do Tribunal.

Por meio de nota, a Prefeitura Municipal de Votorantim informou que “lamenta o baixo nível dos resultados relativos aos últimos três anos e informa que a atual administração, que se iniciou em janeiro deste ano, trabalha com todos os setores envolvidos visando elevar o desempenho do município, também em relação ao índice em questão”.

As informações estão disponíveis em (http://iegm.tce.sp.gov.br/). (Supervisão: Luciana Lopez)

 

Reportagem publicada na página 05 da edição 241 da Gazeta de Votorantim de 21 a 27 de outubro de 2017










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.