Anterior

Brasil começa 2018 com forte crescimento

21/03/2018

Anterior

Próxima

Manifestantes pedem mais médicos para unidade de saúde do Jardim Cristal

21/03/2018

Próxima
21/03/2018 - 14:05
Quem tiver o título cancelado, o que deve fazer?
 Foto: Divulgação  

Luciana Lopez

 

Diante das imensas filas dos últimos dias observadas nos cartórios eleitorais e postos de atendimento do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE), nas cidades de Votorantim e Sorocaba de eleitores interessados em fazer o cadastramento biométrico para Revisão do Eleitorado, nossa reportagem questionou o TRE sobre os procedimentos que devem ser adotados pelas pessoas que não fizerem o cadastramento biométrico até o prazo final, ou seja, 23 de março, próxima sexta-feira, e qual seria o valor de uma provável multa.

Segundo o TRE, “a pessoa que tiver o título cancelado terá até o dia 9 de maio para regularizar sua situação, caso queira votar nas eleições de 2018 e se manter em dia com a Justiça Eleitoral. Essa data de 9 de maio corresponde ao dia em que fecha o cadastro eleitoral no país todo. A multa só será cobrada se a pessoa não regularizar sua situação e não puder votar. Neste caso, a multa é de R$ 3,51 por turno de eleição sem votar. Passadas as eleições, o cadastro reabre e o cidadão pode regularizar sua situação, quitando a multa e tirando um novo título”, finalizou em nota. 

Biometria no Estado

A biometria obrigatória está no prazo final em 84 municípios paulistas. Do universo de aproximadamente dois milhões e meio de eleitores sujeitos ao procedimento, pouco mais um milhão e 900 mil se cadastraram (74,93%). Faltam ainda para se cadastrar mais de meio milhão de pessoas (639.011). Quem não cadastrar as impressões digitais terá o título cancelado. O eleitorado desses municípios já será identificado pelas digitais nas eleições gerais de 2018.

Em nove municípios, o prazo termina nesta sexta-feira (23). Confira quais são: Guarulhos, Sorocaba, Votorantim, Botucatu, Araçoiaba da Serra, Salto de Pirapora, Itatinga, Pardinho e Várzea Paulista. Nos outros 75, a data final é 27 de março.

Dos 84 municípios, o eleitorado de Guarulhos e Sorocaba corresponde a mais da metade do total de eleitores, contabilizando 56,48%. Em Guarulhos, ainda faltam cerca de 28% para cadastrarem as digitais e, em Sorocaba, cerca de 24%.

No time das 84 cidades, 18 registram comparecimento abaixo de 70%, número considerado baixo. Na maior parte dos municípios, os dados da biometria estão entre 70% e 80%. Já no topo da lista figuram 16 cidades, com número de cadastrados acima de 80%, destacando-se Catanduva com 84%, Botucatu com 83,30% e Várzea Paulista com 80,11%. 

Biometria em Votorantim

Segundo o TRE, em Votorantim, dos 91.544 eleitores, 68.053 mil já fizeram o cadastramento biométrico, o que corresponde a 74,34% do eleitorado.

Mais de 480 eleitores compareceram na manhã desta quarta-feira (21) para fazer o cadastramento biométrico no Cartório Eleitoral de Votorantim.

Esse número foi contabilizado até às 9h40 no cartório da rua João Walter, 262. O local atende das 9h às 18h apenas eleitores de Votorantim e, hoje, as senhas de atendimento foram distribuídas na fila.

Ao todo foram entregues 300 senhas, e também haverá o atendimento para outras 80 pessoas que já estavam agendadas. Muitas pessoas tiveram que ir embora, sendo pedido para que voltassem amanhã.

Ontem (20), no período da manhã, segundo uma funcionária do cartório, a primeira pessoa a chegar à fila foi por volta das 6h e, hoje, a primeira pessoa chegou às 4h30.

O eleitor tem também a opção de ser atendido no Posto de Atendimento do shopping Iguatemi Esplanada (das 9h às 21h) e na unidade do Poupatempo Sorocaba (das 9h às 17h).

O eleitor deve cadastrar as digitais para votar nas eleições de 2018. Quem não se cadastrar está sujeito ao cancelamento do título. Além de ser impedido de votar, estará impossibilitado de ingressar em locais de ensino oficial, de realizar empréstimo em bancos públicos, tomar posse em cargos públicos e tirar o passaporte.

No dia do atendimento, o eleitor deve levar documento oficial de identificação original com foto, comprovante de residência emitido nos últimos três meses e título eleitoral, caso o tenha. 

Iguatemi

No shopping Iguatemi Esplanada, a fila circundava o shopping, chegando nas proximidades do hipermercado Carrefour nesta manhã. O local também atende eleitores de outras cidades da região.










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.