Anterior

Uso da toxina botulínica em reabilitação física é tema de encontro gratuito em Sorocaba

13/06/2018

Anterior

Próxima

Quermesse apresenta brincadeiras típicas para as crianças se divertirem

14/06/2018

Próxima
14/06/2018 - 09:55
Aulas de música fazem parte do tratamento oferecido pelo CADQ
 Foto: Divulgação  

O aprendizado de artes musicais também faz parte do tratamento ao dependente químico oferecido em Sorocaba pelo Centro de Atenção ao Dependente Químico (CADQ), no Centro. Novidade é que no último fim de semana teve até festival de karaokê. O grupo atua de forma gratuita e pioneira no município, com o objetivo de reinserir o dependente químico na sociedade.

Na unidade são oferecidas aulas práticas e teóricas de violão, cavaquinho e canto, tanto para os dependentes químicos como para os seus familiares. Elas ocorrem todas as quintas-feiras, às 15h, e aos sábados, às 13h.

“A música é uma das aliadas no processo de reabilitação, pois inserindo hábitos saudáveis na vida do dependente químico é uma das maneiras de auxiliá-lo no tratamento contra o vício. As aulas de música fazem parte da laborterapia, que mantém o dependente ocupado, tendo momentos de partilha e diversão, além do aprendizado musical”, explica o professor voluntário Osni Nogueira.

Nesse sentido, no último dia 9 de junho o CADQ promoveu seu primeiro festival de karaokê. Entre os 40 participantes, o vencedor foi o senhor Stalley, um ex-morador de rua. O segundo lugar ficou com Alessandro, ex-usuário em cocaína, e o terceiro com Douglas, ligado ao vício em crack e que não tem mais feito uso da droga desde que começou o tratamento no CADQ.

Mais atividades – O CADQ funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, das 9h às 15h. Na ocasião, também na área artística são oferecidas aulas de Fotografia e Teatro. O esporte não fica de fora, e há aulas de capoeira, Muay Thai e Jiu-Jitsu.

Também gratuitos, os cursos de capacitação profissional ainda agregam conhecimento aos assistidos pelo CADQ. Entre eles há o de Sistema Toyota de Produção; Empreendedorismo e Mudança de Mentalidade; Leitura e Interpretação de Desenho Técnico-Mecânico; Gestão de Serviços; Autoconhecimento, Comportamento e Uma Nova Maneira de Viver, além de pet shop.

“Todas essas atividades complementares promovem a inclusão social, a convivência e a aceitação. Nesse sentido, a participação da família é imprescindível em todas as ações no tratamento ao dependente químico”, complementa Rodrigo Manga, que está à frente do CADQ.

Palestras e contato – O ponto principal do CADQ são as palestras aos dependentes e familiares, sempre as segundas e quintas-feiras, às 19h. A cada encontro são enfocadas temáticas específicas e sugeridas ações para serem realizadas no dia a dia, baseadas, sobretudo, em conceitos de fé, perseverança e amor. O programa completo tem duração de nove meses.

A sede do CADQ é na Avenida Afonso Vergueiro, 1.559, em frente ao Sorocaba Shopping. O contato pode ser feito diretamente no local ou também pelo telefone (15) 3232-2822, ou ainda via WhatsApp: (15) 99829-4624.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa CADQ










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.