Anterior

Prisão de Temer afeta o governo Bolsonaro e a reforma da Previdência? Especialistas respondem

23/03/2019

Anterior

Próxima

Homens de 25 a 40 anos são público-alvo de campanha sobre tuberculose

23/03/2019

Próxima
23/03/2019 - 12:18
Tratamento da hanseníase é eficaz e pode durar de 6 a 12 meses
 Foto: Divulgação 

A hanseníase é uma das doenças mais antigas de que se tem conhecimento e, até hoje, atinge mais de 150 países em todo o mundo. Crônica e transmissível, ela afeta principalmente a pele e os nervos periféricos. Por isso, pode ocasionar lesões neurais e deixar a pessoa incapacitada, o que até hoje gera preconceito e discriminação às pessoas acometidas pela doença. Mas o que muita gente não sabe é que a hanseníase tem cura e o tratamento é eficaz, podendo durar de seis a 12 meses. Quem explica mais sobre esse assunto é a coordenadora-geral de Hanseníase e Doenças em Eliminação do Ministério da Saúde, Carmelita Ribeiro Filha. 

“O tratamento pra hanseníase é a poliquimioterapia e ela é aceitável por 99% das pessoas. Existe os efeitos adversos do medicamento que são manifestos logo nas primeiras doses, então se essa pessoa tiver intolerância a algum dos componentes da poliquimioterapia, algum dos medicamentos da poliquimeoterapia, ela deve referir isso ao médico, que aí o médico vai fazer o diagnóstico possivelmente, substituir (o medicamento) no serviço onde ela está sendo acompanhada”.

 Vale lembrar que, ao começar o tratamento, a pessoa infectada para de transmitir o bacilo que causa a doença. É importante também ficar atento aos sinais do seu corpo. Ao surgimento de qualquer mancha que tenha a ou diminuição da sensibilidade ao toque, ao calor ou frio, procure a Unidade Básica de Saúde mais próxima. Quanto mais cedo o diagnóstico, menores as chances de sequelas. A hanseníase tem cura e o tratamento está disponível gratuitamente no SUS. Por isso, não esqueça: identificou, tratou, curou. Para mais informações acesse saúde.gov.br/hanseníase. Ministério da Saúde, Governo Federal. Pátria Amada Brasil.

Fonte: Agencia do Rádio










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.