Anterior

Grupo é detido após assaltar motorista de aplicativo

23/03/2019

Anterior

Próxima

Edis na lida (edição n°309)

25/03/2019

Próxima
25/03/2019 - 10:43
Cerca-lourenço (edição n°309)

Cutucaram a onça

O vereador Heber Martins (PDT) entregou para a Mesa Diretora da Câmara um parecer técnico pericial dos exames de vídeos que foram viralizados nas últimas semanas nas redes sociais a respeito dele. “Já sabemos o local onde foi feita a edição do áudio e montagem do vídeo e os nomes vereadores e assessores envolvidos. Também em breve será revelado a quem pertence o celular com código DDD 19 que disparou o vídeo e não será novidade para ninguém desta Casa”. E prosseguiu dizendo: “Estamos abatidos, mas de cabeça erguida. Quem sofre, na verdade, é a família, meus pais que tiveram os exames alterados, pois mexe com o seio familiar”.

 

O que foi dito na tribuna 

sobre o telefonema editado

“Sofre mais quem faz a maldade, porque vai carregar isso para a vida toda. Estamos com a nossa consciência tranquila perante Deus e a sociedade”, disse Heber Martins

“Isso é sério. Esta instituição merece respeito. Que o culpado seja julgado nesta Casa, e após apuração, se for passível de cassação de mandato, que perca o mandato. Mas que comece a respeitar esta instituição”, disse o vereador Zelão (PT).

O presidente Alison Andrei Pereira de Camargo disse que o relatório de 33 páginas é assinado pelo perito criminal Onias Tavares de Aguiar, “que atua há 26 anos nessa área”. Alison Andrei Pereira de Camargo salientou, em bom som, que se for provado que algum vereador ou assessor tiver envolvido e se tiver pessoas tentando denegrir a imagem de vereadores ou da Casa, será levado à Comissão de Ética da Casa de Leis, e poderá haver cassação.

 Heber vai à TV Votorantim e esclarece 

Em sua participação na última quarta-feira (27) no programa Debate dos Fatos, da TV Votorantim, Heber Martins falou de diversas questões, mas como não poderia deixar de ser, os jornalistas Werinton Kermes e Luciana Lopez questionaram sobre o áudio editado em que Heber foi vítima de uma armação que começou com uma conversa entre ele e um amigo. O vereador não fugiu de nenhuma das perguntas tanto dos jornalistas, quanto do público, que participa do programa enviando questionamentos.


Mensagem da esposa, filha e neta 

Heber Martins foi surpreendido no programa com a participação através de vídeo gravado de sua esposa Silvia e da filha e neta que moram nos Estados Unidos. Com as declarações, Heber se emocionou e pediu desculpas para as pessoas que ele citou na conversa telefônica que durou dezoito minutos e foi editada. 

 

Heber muda o tom ao fazer críticas ao governo Fernando

Além do assunto da armadilha que caiu, Heber Martins falou sobre o momento político de Votorantim. Fernando Oliveira Souza (DEM) foi citado por Heber como alguém que tinha e tem boa intenção, mas prometeu o que não pode cumprir e isto, segundo o vereador, o povo não perdoa mais e avaliou que dificilmente o prefeito vai conseguir reverter a imagem que tem hoje a sua gestão.


Segundo Heber, Cassola 

está de olho em tudo 

Outro bastante citado por Heber Martins foi o ex-prefeito Cassola. “Ele está bem, acompanha todo o movimento político de Votorantim, sabe o que está funcionando e o que está parado. Os aposentados perderem o benefício, foi para ele um tiro no que o governo deu. Para 2020 ele não sai candidato, mas vai se empenhar para eleger o próximo prefeito”, disse Heber Martins.


Pivetta, Cassola e PDT

Outra informação que Heber deixou escapar (não durante o programa, mas ainda na emissora) é que além da possibilidade de filiação de Pivetta no PDT, Jair Cassola vê com bons olhos a composição de uma candidatura entre ele (Pivetta) e Heber. 


Gente grande conversa e se entende, com gente pequena não tem conversa 

Com esta declaração de Heber Martins, entende-se que o ex-prefeito Jair Cassola está disposto a retomar a relação política com Pivetta e deixar as mágoas e desentendimentos políticos do passado de lado. É esperar mais uns meses para ver.

 

PT chapa pura para 2020

Como esta coluna já adiantou na última semana, a campanha eleitoral de 2020 em Votorantim já está começando a dar sinais, e o Partido dos Trabalhadores (PT), sabendo de que Carlos Augusto Pivetta está se movimentando e se preparando para deixar seu partido de origem (PT), se reuniu no último sábado e definiu que o PT de Votorantim em 2020 sai com a chamada chapa pura, ou seja, pré-candidato a prefeito e vice do Partido dos Trabalhadores. E os nomes também já foram colocados em votação e, como já era esperado, o ex-vereador e ex-presidente da Câmara Marcão Papeleiro foi escolhido para ser o pré-candidato a prefeito e Joãozinho Queiroz para pré-candidato a vice. “Agora é o momento de dialogar com o povo, pois estamos há muitos meses da eleição ainda”, disse Joãozinho.


Diz que me ama mas não casa comigo...

A relação estreita que o prefeito Fernando Oliveira tem com o vice-governador Rodrigo Garcia nestes quase 90 dias de governo do Estado não tem sido suficiente para Votorantim estar na pauta do governador João Doria.

A prova disso é a vinda do governador na cidade vizinha, Capela do Alto, onde para chegar obrigatoriamente vai se passar próximo de Votorantim.

Em Capela do Alto, Doria vai entregar títulos de posse (títulos de propriedade), sendo que esta semana o prefeito Fernando Oliveira também vai entregar títulos de propriedade no Jardim Tatiana, ou seja, se perdeu a oportunidade de Doria fazer sua primeira visita oficial a Votorantim e, com isso, fortalecer as relações políticas por aqui.


Está explicado

Uma fonte do PSDB de Votorantim garante que a não-vinda do governador a cidade é proposital, pois em cidades onde DEM e PSDB não estão juntos, o governador evita estar para não ficar mal nem com nem com outro.


Ônus e bônus

Quem é poder tem seus ônus e seus bônus. O PSOL de Votorantim estará encaminhado na próxima semana questionamentos à Câmara e ao Ministério Público sobre a adesivagem de uma montagem que cobre toda a parede da sala da presidência da Câmara, onde a foto do presidente Alison Andrei Pereira de Camargo também está estampada. Além de querer saber do valor gasto, o PSOL questiona o uso do espaço público com promoção pessoal. 

Outra ação do presidente pastor, foi a retirada do símbolo cristão da parede do plenário, ou seja, o crucifixo foi trocado por uma imagem da Cachoeira da Chave.

 

 

Coluna publicada na edição 309 do Jornal Gazeta de Votorantim, de 23 a 29 de março de 2019, página 02.










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.