Anterior

Igrejas encenam a Paixão de Cristo em Votorantim

19/04/2019

Anterior

Próxima

É Páscoa, é tempo de mudar

19/04/2019

Próxima
19/04/2019 - 10:31
"Se morrermos com Cristo, com Ele ressuscitaremos"
 Foto: Divulgação 

O Apóstolo Paulo, escrevendo aos Coríntios afirma categoricamente "Se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa Fé!"(I Coríntios 15:13-14, 17, 20)

A palavra vã significa "vaga", "vazia", sem valor, uma coisa boba. Mas será que a Ressurreição de Cristo é apenas um Mito, inventado pelos discípulos, uma verdade fechada dentro de uma Doutrina Cristã? Definitivamente, não! Mesmo porque, dois milênios de história já se passaram, e ninguém conseguiu desmistificar a Pessoa de Jesus, seus ensinamentos, sua vida, paixão, morte e ressurreição.

Ressurreição do Senhor tem, sim, a ver com toda a Humanidade, é a Gênese da Natureza Humana, criada por Deus, e destinada à Eternidade. Negá-la, é negar a própria vida, a própria existência. A Ressurreição de Cristo está diretamente ligada ou relacionada à nossa Ressurreição, daí o Apóstolo afirmar que "Cristo é o primogênito entre os mortos" .I Coríntios 15:13-14, 17, 20. Tal afirmativa nos garante que, após Cristo, Todos iremos Ressuscitar, independente da crença. Ele é o primeiro, de toda humanidade, a ressuscitar.

Então, o que impede o Ser Humano a crer nesta Verdade Absoluta, independentemente da sua Crença ou Religião? Aquela que é a grande aliada da nossa Fé, isso é, que nos ajuda a compreender racionalmente a Revelação Divina, que tem o seu ápice em Jesus Cristo, quando se descarta a Crença, torna-se a grande inimiga do Homem: a nossa Razão! Querer explicar empiricamente a ressurreição do Senhor, querer compreendê-la dentro dos nossos pobres raciocínios, é ter a pretensão de desvendar os Mistérios de Deus, que jamais irão caber na Logica Humana. Ressurreição de Jesus, e a nossa própria Ressurreição, é matéria de Fé e não de Ciência.

Fato não para ser pesquisado ou questionado, mas para ser celebrado solenemente, aquele momento que Ser Humano algum testemunhou, quando a Velha Humanidade escrava do Mal e do pecado, foi sepultada com Cristo, e lá permaneceu, sendo que, com Ele ressurge a nova Humanidade, destinada a Comunhão Eterna com Deus, contando para isso com a Plenitude da Graça que Nele recebemos, e que nos permite com Ele superarmos a própria morte Biológica... Isso precisamente é a Páscoa, a Passagem do Velho Homem para o Homem Novo!

Uma Feliz e Santa Páscoa a todos!.


Diácono José da Cruz

 

Coluna publicada na página 05 da edição 313 da Gazeta de Votorantim, de 19 a 26 de abril de 2019.










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.