Anterior

Vereadores aprovam emendas para a Saúde na LDO

20/07/2019

Anterior

Próxima

2ª Divisão do Varzeano chega às quartas de final

20/07/2019

Próxima
20/07/2019 - 11:09
Vereadores permitem que Prefeitura faça empréstimo de R$ 5 milhões
 Foto: Divulgação 

Durante a sessão legislativa de terça-feira (16), da Câmara Municipal de Votorantim, foi aprovado o projeto de lei nº 002/19, que trata de autorização para a contratação de crédito junto ao Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (FINISA) na Modalidade Apoio Financeiro, da Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 5 milhões, para aquisição de automóveis e maquinário para a frota municipal.

A discussão havia sido adiada na 23ª Sessão Ordinária, e causou polêmica entre os parlamentares, porém, acabou sendo aprovado com apenas um voto contrário, da vereadora Fabíola Alves (PSDB).

Os secretários de Governo, Planejamento e Desenvolvimento, Carlos Laino, e de Administração, Fábio Lugari Costa, estiveram na Câmara, no último mês, em reunião com os vereadores para expor questões relativas ao projeto. Segundo Laino, estes veículos são necessários para que a prefeitura possa fiscalizar e realizar obras que ficam muitas vezes paradas por conta da falta de maquinário específico. “Hoje, a fiscalização não tem carro. E o grande número de reclamações recebidas é por conta da falta de fiscalização. Temos fiscais de obras, do meio ambiente, vigilância sanitária e tantos outros que estão sem transporte. Além disso, no aterro, por exemplo, temos que ter uma máquina, pois não compensa locar”, explicou.

Os parlamentares questionaram sobre as taxas de financiamento, valor das parcelas e outras questões que poderiam comprometer o orçamento do Executivo, porém, o secretário de Administração, Fábio Lugari, afirmou que o valor das taxas praticadas pelo Finisa é baixo e vem sendo adotado por outras prefeituras. “O nível de endividamento da prefeitura, hoje, é baixíssimo, frente a sua receita. Além disso, um dos requisitos para liberação dessa modalidade de financiamento é, justamente, que o município não esteja endividado”, informou Fábio naquela ocasião.

 

 

Publicado na página 09 da edição nº326, do jornal Gazeta de Votorantim, de 20 a 26 de julho de 2019.










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.