Anterior

Formados em medicina, cubanos trabalham em açougue de Votorantim (Edição: Werinton Kermes)

19/08/2019

Anterior

Próxima

Maya Correa estreia o programa “100 Cerimônias” na TV Votorantim (Edição: Werinton Kermes)

19/08/2019

Próxima
19/08/2019 - 11:30
Notícia da saída de Jair Cassola da política repercute na cidade (Edição: Werinton Kermes)
 Foto: Divulgação 

Posse de Jair Cassola em 2005

 

Valdinei Queiroz

 

Na semana seguinte a que o empresário e ex-prefeito de Votorantim, Jair Cassola, anunciou sua desfiliação do Partido Democrático Trabalhista (PDT) e que não participaria mais das articulações políticas e nem apoiaria nenhum candidato do município, a reportagem da Gazeta de Votorantim buscou saber a repercussão dessa notícia que pegou a maioria de surpresa e entrevistou figuras públicas e população votorantinense para saber a reação deles em relação a este fato político na cidade.

O presidente do PDT de Votorantim, vereador Heber de Almeida Martins, por exemplo, ficou surpreso com a informação da saída de Cassola da política local. “Estou com o Jair desde 1992, a princípio sem interesses políticos. Trabalhei nos bastidores até 1996, quando me filiei ao PDT, onde estou até hoje, sendo meu único partido. Em 2000, ele veio para o PDT, em que fomos vitoriosos. Fui eleito como vereador e ele como prefeito. Fiquei muito feliz de trabalhar com o Cassola durante oito anos de sua gestão”, rememora.

Segundo Martins, a justificativa é a mesma da eleição passada, quando Cassola não queria sair candidato à Prefeitura de Votorantim, pois gostaria de cuidar mais de sua família e estar mais próximo. “Os netos estavam chegando e a empresa também demanda um tempo maior, até devido as crises que o País atravessa”, comenta. Apesar de Cassola ter dito que não vai apoiar ninguém ao pleito municipal do ano que vem, o vereador do PDT, porém, conta que o ex-prefeito fez citações ao seu nome para o Executivo.

A respeito do legado deixado por Cassola, o presidente do PDT entende que ele fez muito pela cidade, colocando Votorantim em destaque a nível nacional e internacional, bem como aumentou a arrecadação do município. “Até entendo essa atitude, pois a política que o Jair Cassola prega sempre foi de crescimento, gestão, desenvolvimento e humanização. Mas o que desanimou é ver hoje que alguns políticos que não agregam resultados, uma política nojenta que não discute mais o bem comum e sim pessoas, interesses próprios e ganância pelo poder a qualquer custo”, diz Heber Martins.

Já o advogado e ex-prefeito de Votorantim, Lázaro de Góes Vieira, o Lazinho, lamenta a saída do empresário Jair Cassola do PDT. “Eu o considero como um homem público da mais alta confiança. É uma figura pública imprescindível no apoio a qualquer candidato nas eleições de 2020.”

Com o anúncio da saída de Cassola do PDT, Lazinho sugeriu que ele voltasse a ser filiado ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB), com o objetivo de reestruturar o partido. “O MDB de Votorantim precisa voltar às origens. Cassola contribuiria para isso, dada a sua experiência política e visão de tudo o que está acontecendo em nosso País”. E prosseguiu: “Vejo na presença de Jair Cassola no MDB uma das mais ricas chances de retomar o partido das mãos atuais, que nada tem a ver com a história do partido, tanto em nível local, regional e nacional”, reflete Lazinho.

O prefeito Fernando de Oliveira Souza (DEM) não atendeu às ligações da reportagem, já a assessoria da Prefeitura se limitou a dizer, por meio de nota, que não trata de questões e opiniões de caráter pessoal e eleitoral. A Gazeta de Votorantim também entrou em contato com os ex-prefeitos, advogado Carlos Augusto Pivetta (PT), e o professor Erinaldo Alves da Silva (PSDB), mas ambos não responderam a reportagem até o fechamento desta edição.

Cassola protocolou, em 9 de agosto, no Cartório Eleitoral de Votorantim, um oficio de desfiliação do PDT, partido do qual era filiado desde 1999. Ele também encaminhou oficio à sigla local, informando que a desfiliação ocorre “em caráter irrevogável e irretratável, por motivos de ordem pessoal”.

 

Repercussão nas redes sociais

No momento em que a página oficial da Gazeta de Votorantim no Facebook publicou a notícia “Jair Cassola se desfilia do PDT e diz que está deixando a política”, a maioria dos usuários dessa rede social começou a enaltecer o trabalho desenvolvimento pelo ex-prefeito em seus oito anos à frente da Prefeitura de Votorantim, de 2001 a 2004 e de 2005 a 2008, sendo o primeiro e único prefeito da cidade a ser reeleito.

O empresário Alex da Costa Capucci fez questão de publicar comentário dizendo que Cassola fez excelente trabalho na época de prefeito e entende sua saída da política. “Chega uma hora que cansa. Imagino. Nessa hora, a melhor coisa a se fazer é cuidar da saúde e da família”, diz. Capucci comenta que, dos chefes do Executivo que ele acompanhou à frente da administração pública votorantinense, Cassola foi o melhor para a cidade em sua opinião.

O aposentado Gilson Tadeu Arruda também vai na mesma linha de raciocínio de Capucci. “Se o Jair Cassola mudar de ideia, tem meu voto, pois foi responsável direto no crescimento de Votorantim”, afirma. De acordo com Arruda, que também deixou comentário na postagem sobre a saída do empresário do PDT, Cassola foi um dos melhores prefeitos que a cidade já teve. “Seria excelente para o município ter uma figura pública como Cassola na próxima gestão votorantinense”.

Jair Cassola foi prefeito de Votorantim de 2001 a 2004 e de 2005 a 2008, sendo o primeiro e único prefeito da cidade a ser reeleito. Em 2008 apoiou e ajudou a eleger o seu vice-prefeito Carlos Augusto Pivetta que administrou a cidade de 2009 até 2012.

Jair Cassola nasceu em 1948 no bairro Ângelo Vial, em Votorantim, onde mora até hoje. É empresário do ramo de sacarias, casado com Lurdes Cassola, pai de dois filhos. Em sua trajetória política foi filiado em dois partidos, o antigo MDB e nos últimos 20 anos o PDT.

 

 

Publicado na página 05 da edição nº330, do jornal Gazeta de Votorantim, de 17 a 23 de agosto de 2019.

 



Veja mais fotos:

  1. Posse de Jair Cassola em 2001 - divulgação

  2. Posse de Jair Cassola em 2001 - divulgação
  3. Alex da Costa Capucci - divulgação

  4. Alex da Costa Capucci - divulgação
  5. Gilson Tadeu Arruda - divulgação

  6. Gilson Tadeu Arruda - divulgação







Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.