Anterior

Brasil vence Camarões e segue na briga pelo bronze no Mundial de Vôlei (Edição: Werinton Kermes)

27/09/2019

Anterior

Próxima

Confiança do consumidor avança 5,4 pontos em setembro na comparação anual (Edição: Werinton Kermes)

27/09/2019

Próxima
27/09/2019 - 14:50
Educação capacita professores e coordenadores do 5º ano para aplicarem simulados da Prova Brasil (Edição: Werinton Kermes)
 Foto: Divulgação 

 

A Secretaria de Educação (Seed) de Votorantim realizou nesta quinta-feira (26) uma capacitação e orientação para todos os professores dos 5º anos do sistema municipal de ensino sobre a aplicação do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) de 2019, mais conhecida como Prova Brasil. A formação foi realizada na Faculdade Anhanguera Pitágoras e a proposta é fazer com que os educadores consigam observar, por meio de simulados, quais são as principais dificuldades dos alunos para realização do teste.

Durante a atividade, os docentes também estavam acompanhados dos coordenadores pedagógicos das unidades em que atuam. A prova deverá acontecer entre os dias 21 de outubro e 1º de novembro, sendo o principal instrumento de avaliação da qualidade da Educação Infantil até o Ensino Médio, já que a combinação das notas do exame com os dados de aprovação, reprovação e abandono resultam no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).  A prova é realizada pelo Inep e, em 2019, será a primeira parcialmente alinhada à Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Um dos focos da formação da Seed de Votorantim foram os distratores das questões de língua portuguesa e da matemática, matérias exigidas pela prova. Todos os itens do teste possuem cinco alternativas de resposta, sendo apenas uma correta. A opção correta é chamada de gabarito, enquanto as outras quatro são chamadas de distratores, que, no entanto, contêm respostas com os erros que mais costumam ser cometidos pelos alunos ou apresentam sentido, mas não dentro da proposta da questão.

Desse modo, o Departamento de Pedagogia e Coordenação Pedagógica da cidade vem realizando simulados para preparar os estudantes no tempo de execução e preenchimento do gabarito, por exemplo. Além disso, professores e diretores das turmas e escolas avaliadas também respondem a questionários que coletam dados demográficos, perfil profissional e de condições de trabalho.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

 










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.