Anterior

UNIP Sorocaba oferece atividade de orientação profissional gratuita para estudantes

09/10/2019

Anterior

Próxima

Ajudante de pedreiro vende computador, entrega e não recebe o combinado

10/10/2019

Próxima
09/10/2019 - 16:19
Sorocaba recebe pela primeira vez a Terry Fox Run - uma corrida contra o câncer

No domingo 20/10, a partir das 8h45, a escola Maple Bear Sorocaba realiza com crianças de 02 a 14 anos, a primeira edição da corrida Terry Fox na cidade.

A rede canadense Maple Bear Global Schools, apoia e realiza por todo

o mundo a “Terry Fox Run”, uma corrida de arrecadação de fundos para

pesquisa sobre câncer. Este ano a unidade de Sorocaba não ficará de fora

e todo o valor captado será destinado ao Hospital de Amor, antigo Hospital

de Câncer de Barretos.

O evento em parceria com os Profissionais de Eventos Esportivos

(PROEESP), acontece no domingo 20 de outubro, a partir das 08h45 e com

largada às 09h, no Parque Carlos Alberto de Souza.

Voltado para crianças e adolescentes, entre 02 e 14 anos, a corrida já

conta com mais de 100 crianças inscritas, o que somado a suas famílias são

mais de 300 pessoas.

Além da corrida, no local haverá também vivência de dança e

taekwondo, pintura facial, espaço kids e oficina de cupcake. Uma

programação divertida para toda a família e com um proposito digno de

presença. Vale lembrar que a corrida é um evento sem fim competitivo, os

participantes manterão seu próprio ritmo, pois o que realmente conta é a

solidariedade!

Antes da largada haverá um aquecimento e a sensibilização da

comunidade quanto ao tema, proporcionando além da corrida, um dia de

atividades e convívio em família.

 

Sobre o Terry Fox

O jovem corredor Terry Fox, em 1977, aos 18 anos descobriu que estava

com ‘osteossarcoma’, tipo raro de câncer que age nos ossos e atinge

principalmente crianças e adolescentes. Pouco depois da descoberta,

precisou ser operado e acabou tendo sua perna amputada.

Com planos e grande empenho, rapidamente voltou aos esportes. Em

pouco tempo já estava participando de corridas e em 1980 montou a

“Marathon of Hope” (Maratona de Esperança), uma corrida de uma costa a

outra no Canadá, visando tornar pública a necessidade de mais

investimento para pesquisas sobre câncer.

Passou a ser reconhecido como personalidade por onde passava,

recebendo diversas doações e acompanhamento do público, imprensa e

autoridades.

Nada o detinha, a não ser a pior notícia que poderia receber: a volta

do câncer. Dessa vez muito mais agressivo, já espalhado por seu corpo,

atingindo fortemente seus pulmões. Pouco depois Terry precisou parar. Foi

internado e não resistiu.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.