Anterior

Prefeitura de Votorantim entrega novo canil municipal nesta segunda-feira

09/12/2019

Anterior

Próxima

Cerca-lourenço Edição nº345

09/12/2019

Próxima
09/12/2019 - 12:06
DIA DO FONAUDIÓLOGO: 5 dicas para cuidar da saúde dos ouvidos e evitar a perda auditiva precoce
 Foto: Imagem Ilustrativa 

O Dia do Fonoaudiólogo é comemorado no Brasil no dia 9 de dezembro. É o profissional da área da saúde que trabalha com os diferentes aspectos da comunicação humana, sendo a linguagem oral e escrita, fala, voz, audição e as funções responsáveis pela deglutição, respiração e mastigação.

A capacidade auditiva é um dos cinco sentidos mais importantes nesse processo, assim como para todo o desenvolvimento humano. É por meio dela que somos capazes de processar os sons, compreendê-los e se comunicar. Dra. Vanessa Gardini, fonoaudióloga da Pró-Ouvir Aparelhos Auditivos, de Sorocaba (SP), especialista em reabilitação auditiva, explica que ouvir adequadamente está diretamente relacionado ao desenvolvimento das funções cognitivas, como a memória, o raciocínio e a percepção, além de possibilitar o convívio entre as pessoas e a socialização. “É por meio da audição que podemos perceber o mundo ao nosso redor. É um sentido primordial para a nossa comunicação e relacionamento”, pontua.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 20% da população mundial sofre de zumbido no ouvido ou tem algum grau de perda auditiva, sendo, deste total, 28 milhões de brasileiros. E o que mais chama a atenção dos especialistas é que esse problema vem atingindo as pessoas em idades cada vez mais jovens. “Muitos esquecem que os ouvidos são igualmente responsáveis pela qualidade de vida. Devemos estar atentos à saúde deles o tempo todo, sem sobrecarregá-los com, por exemplo, o uso excessivo de fones de ouvido”, comenta a fonoaudióloga.

Sempre que perceber algum desconforto nos ouvidos, como o zumbido, é necessário procurar atendimento especializado, frisa a especialista da Pró-Ouvir Aparelhos Auditivos. Além disso, destaca Dra. Vanessa, pessoas acima de 50 anos devem fazer os exames preventivos, como a audiometria, pelo menos, uma vez ao ano.

Para manter a saúde dos ouvidos sempre em dia e preservar a qualidade da audição, é necessário adotar alguns hábitos e mudar outros. Confira, abaixo, cinco dicas sugeridas pela fonoaudióloga para evitar a perda auditiva precoce:

 

1.      Modere no som! Não escute músicas ou assista à televisão em volume muito alto;

 

2.      Pelo menos uma vez ao dia, busque o silêncio para descansar os ouvidos;

 

3.      Limite o tempo de uso dos fones de ouvido;

 

4.      Não escute música em fones nos ambientes muito barulhentos, assim você evita ter que aumentar o volume excessivamente;

 

5.      Use protetores auriculares em locais ruidosos. Eles são responsáveis por criar uma barreira acústica, que impede o desgaste e a perda auditiva precoce.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.