Anterior

Caixa começa a pagar hoje décimo terceiro do Bolsa Família

10/12/2019

Anterior

Próxima

Desfile celebra os 56 anos de Votorantim

10/12/2019

Próxima
10/12/2019 - 12:52
Documentário inédito exibe história de jornal feito à mão no interior de SP

Vídeo é resultado de Projeto de Graduação de Jornalismo da Faculdade ESAMC Sorocaba, que será exibido no dia 10/12 (terça-feira), às 19h30, no auditório da instituição, com entrada gratuita e aberta ao público
 Foto: Divulgação 

O que leva as pessoas, em pleno século XXI, a consumirem um jornal artesanal? Em tempos de revolução tecnológica, o aposentado Santino França, de 64 anos, produz manualmente o jornal Itapercanjo desde 2000. O nome é uma junção de duas cidades do interior de São Paulo: Itapetininga e São Miguel Arcanjo.

O jornal, composto por 30 páginas, traz notícias de forma personalizada sobre acontecimentos diários dessas regiões e do Brasil, que incluem: política, polícia, eventos culturais, personalidades, dentre outros assuntos. Para saber de toda a trajetória desse veículo, que é feito de forma totalmente diferenciada e já passa de 518 edições, as alunas do curso de Jornalismo da Faculdade ESAMC Sorocaba, Amanda Santos, Jaqueline Silva, Larissa Mainara, Priscila Lima e Rayana Lira, fizeram um vídeo-documentário inédito, intitulado “O jornal Itapercanjo”, como resultado do Projeto de Graduação, sob a orientação dos professores Rodrigo Gabrioti e Quelen Torres. O trabalho será exibido à banca examinadora e ao público no dia 10/12 (terça-feira), às 19h30, no auditório da instituição. A entrada é gratuita.

A estudante Rayana Lira destaca que o jornal artesanal possui recortes, desenhos e colagens selecionados pelo próprio Santino. “Toda a diagramação do jornal e a distribuição é feita por ele gratuitamente. Além de contar a história desse personagem tão autêntico, avaliamos os critérios utilizados para divulgação das notícias e, ainda, trazemos análises de profissionais do meio sobre o jornal manuscrito com características tão peculiares”, conta.

O documentário, de aproximadamente 19 minutos, além de promover uma reflexão sobre as diferentes realidades culturais que ainda resistem ao avanço tecnológico, também exibe a curiosa história de Santino, que saiu de casa no início da adolescência, trabalhou no circo, chegou a morar na rua e já ganhou até na Loteria, mas conta que gastou todo o dinheiro com “futilidades”.

Interessados em assistir ao documentário devem realizar inscrição prévia pelo e-mail: jornal_itapercanjo@hotmail.com. A unidade Centro da Faculdade ESAMC Sorocaba está localizada na Rua da Penha, 1.181.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

 

 










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.