Anterior

Obras de restauro no Museu da Língua Portuguesa são concluídas com sistema de combate a incêndio reforçado

14/01/2020

Anterior

Próxima

SUS recebe 1.424 novos leitos de UTI em todo o Brasil

14/01/2020

Próxima
14/01/2020 - 08:22
Presos dão nova cara a escolas em 2020

Reeducandos estão sendo capacitados com a recuperação de equipamentos públicos em todo o estado
 Foto: Divulgação 

O mês de janeiro marca a possibilidade de uma virada por meio da educação, especialmente para os alunos das 35 escolas em 18 municípios de todo o Estado de São Paulo, beneficiados com uma escola de cara nova no início do ano letivo. Isso porque, até o final do mês, elas serão pintadas por reeducandos, uma parceria entre a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) e prefeituras municipais. No caso dos estabelecimentos penais subordinados a Coordenadoria das Unidades Prisionais da Região Central (CRC), 225 reeducandos que cumprem pena nas unidades de Hortolândia, Campinas, Porto Feliz, Itirapina e Votorantim estão realizando a pintura em nove escolas municipais. Eles foram capacitados em pintura por meio do Via Rápida, programa com o objetivo de oferecer cursos na área da construção civil. O programa além de recuperar prédios públicos e contribuir para melhores condições de ensino, ainda permite que os detentos saiam com uma qualificação profissional. Cumprindo a missão da SAP em promover reintegração social de reeducandos e egressos.

Via Rápida 

O programa iniciado em 2016 é dividido em dois módulos de 20 horas de aula teórica e 80 horas de prática. Somente em 2019 realizou a pintura de 459 prédios públicos e capacitou 12.200 reeducandos do sistema prisional de São Paulo. Além de escolas, a prioridade do programa, também foram pintados hospitais, delegacias, asilos, centros comunitários e outros.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa 










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.