Anterior

Homem é morto por populares após brigar com ex-mulher no Jardim Tatiana, em Votorantim

22/02/2020

Anterior

Próxima

Associações garantem animação para quem gosta de carnaval

22/02/2020

Próxima
22/02/2020 - 11:54
Quem quiser ver o desfile da escola de samba de Votorantim terá que ir a Tatuí
 Foto: Jorge Silva 

Kaká Lorrane mostra adereços confeccionados

 

 

Aldo Fogaça

 

Sem verba pública e sem diálogo, Votorantim não terá Carnaval de rua neste ano. A edição do dia 25 de janeiro da Gazeta de Votorantim trouxe a informação da Secretaria de Cultura, Turismo e Lazer (Sectur) que a Prefeitura não liberaria recursos para a festa popular.

Mesmo assim, a Unidos da Vila, única escola de samba de Votorantim, pretendia desfilar na avenida 31 de Março com custo zero para os cofres públicos, mas a Prefeitura não autorizou, informa a carnavalesca Kaká Lorrane que recebeu a negativa no início deste mês. O motivo da não autorização é que a Avenida 31 de Março é corredor de ligação para as unidades de saúde.

Na terça-feira (18), devido às repercussões junto à imprensa local, a Prefeitura liberou a rua Acácio Muller, ao lado da Praça de Eventos “Lecy de Campos”, para que a escola desfilasse hoje (22), sábado de carnaval, “mas devido ao aviso de última hora, a direção do Grêmio Recreativo Cultural Unidos da Vila decidiu por não fazer o desfile em Votorantim”, lamentou Kaká.

Durante o imbróglio, a escola de samba votorantinense foi convidada para desfilar na cidade de Tatuí. A apresentação será neste domingo (23).

Káka conta que é Tatuí quem vai assistir ao fruto de sete meses de trabalho. “Investimentos muito dinheiro no carnaval para montar um luxuoso desfile, mas nenhum real da Prefeitura”, argumentou.

A carnavalesca disse, ainda, que todo o trabalho será visto pelo povo de Tatuí. “Queríamos mostrar para Votorantim. Meu sentimento é de repúdio pelos governantes que não apoiaram. Faltou consideração pelo trabalho dos profissionais envolvidos”, lamentou.

Júnior Ferrari, diretor de carnaval da escola de samba, falou sobre o investimento. “Estamos contentes por Tatuí ter nos acolhido de braços abertos. Nós investimos cerca de R$ 30 mil e a expectativa é que o desfile seja lindo, mas em outro município”. As fantasias são alusivas ao tema “África: berço da humanidade, em um canto pela paz”, finalizou. (Colaborou Ana Maria Agmont).

 

 

Associações garantem animação para quem gosta de carnaval

 

As manifestações do carnaval neste ano Votorantim ficaram restritas às iniciativas privadas, de instituições e associações.

Na Apevo

Na Associação dos Aposentados e Pensionistas de Votorantim e Região (Apevo), os foliões adiantaram as comemorações carnavalescas e curtiram o pré-Carnaval organizado pela entidade no sábado passado, dia 15.

O “Carnapevo” reuniu cerca de 200 pessoas em seu salão de eventos, que recebeu uma decoração bastante colorida. Embalados pela banda Banda Palladium, os associados e convidados, a maioria fantasiados, pularam animadamente.


No Sesi

O encontro da Terceira Idade do Sesi de Votorantim da quinta-feira (20) foi especial com o baile de carnaval, que já se tornou tradicional. Mais de cem pessoas participaram e emprestaram toda a animação para o sucesso do evento, onde os laços de amizade e de autoconfiança se estreitaram.

 

Gaviões da Fiel

O bloco de carnaval Gaviões Sorocaba vai desfilar em Votorantim na segunda-feira, dia 24, com concentração a partir das 15h, na Praça de Eventos Lecy de Campos.

O bloco sairá da praça com destino à subsede Votorantim da Gaviões, localizada na rua Judith Rosa Tavares, ao lado da Kalimo, no limite de Sorocaba.

Rubens Machado de Oliveira, o Rubinho, responsável pela Harmonia do bloco Gaviões de Sorocaba, informa que a participação é franca a todos os interessados. “Teremos carro de som e a participação da Bateria Ritmo Fiel e de Cássio Ferraz, puxando os enredos. Na subsede, teremos como atração a participação de Carica Sensação e novamente Cássio Ferraz.

 

Associação Cultura Votorantim

Nesta sexta-feira (21), a Associação Cultura Votorantim (ACV) realizou a 14ª edição do Carnaval da Inclusão, uma matinê voltada para pessoas em tratamento da saúde mental. O evento, realizado no Aquário Cultura por voluntários, contou com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Lazer de Votorantim, tem a proposta de proporcionar aos moradores de Residências Terapêuticas, além de frequentadores do serviço de Saúde Mental de toda a região, um momento de lazer, distração e diversão.

Dentre os voluntários, estavam o Dj Sidnei Dias e os dançarinos Prof. Jacaré e o Prof. Sassá, que garantiram a música, dança e animação. “É uma grande satisfação ver o sorriso no rosto de cada um. Estou sem palavras para agradecer a oportunidade de estar aqui e contribuir para esta festa. Temos sempre que somar com o outro”, falou o Dj Sidnei. “Este é um evento muito rico, pois muitos deles não têm acesso às opções de diversão. Para mim é uma honra participar de um evento de inclusão, pra mim isso é um diploma, só tem acrescentar na minha vida profissional e pessoal. Participar desse evento é que faz diferença na minha vida”, analisou Jacaré. “A gente reclama tanto da vida, mesmo com tanto para agradecer e a gente vê a alegria deles, mesmo com algumas dificuldades, e eles são muito mais felizes que a gente”, comentou Sassá.

O coordenador das Residências Terapêuticas da Athus de Itapetininga, Eduardo Cassamassimo, comentou que foi a primeira vez que trouxe os moradores daquela cidade. “Para eles está sendo magnífico, pois viveram décadas em hospital psiquiátrico com um grupo de amigos que agora estão reencontrando no evento”, explicou.

Já Donizete Antunes da Silva não escondeu a alegria de estar na festa. “Estou gostando, é muito bonito. Gostei bastante das pessoas que estão aqui. Encontrei amigos aqui. Curto muito o carnaval. Quero vir todos os anos”, falou animado.

 

Polícia Militar reforça o patrulhamento

 

Mesmo sem ter sido comunicada oficialmente sobre eventos carnavalescos em Votorantim, a Polícia Militar intensificou o patrulhamento em 78%, informa o capitão Divaldil de Souza Rocha Segundo, relações públicas do 40º Batalhão da PM sediado em Votorantim e responsável pela segurança em outros oito municípios: Alumínio, Ibiúna, Piedade, Tapiraí, Salto de Pirapora, Pilar do Sul, Iperó e Araçoiaba da Serra. “São pelo menos 300 policiais militares a mais nas ruas e outros de prontidão, que podem ser mobilizados a qualquer momento, além de reforço de viaturas e equipamentos, incluindo o helicóptero Águia e a Força Tática em toda a área de abrangência do 40º Batalhão”.

Desde a zero hora da sexta-feira (21), a Polícia Militar está realizando a Operação Carnaval mais Seguro, que se estenderá até a zero hora do dia 1º de março e inclui Operação Bloqueio, Operação Paz e Proteção e Operação Segura, num trabalho conjunto com a Polícia Rodoviária.

“A Polícia Militar tem uma preocupação especial com a segurança das pessoas”, diz o capitão Divaldil.  A PM recomenda cuidados especiais com as crianças. Pulseirinhas para identificação dos menores, com nome e telefone, serão distribuídas.

Também recomenda-se cuidados com objetos pessoais como celulares, carteiras, correntes, relógios e dinheiro. Em caso de viagem, avisar os vizinhos para que eles fiquem atentos. Qualquer cidadão pode usar os telefones 190 e/ou 181 para informar eventuais ocorrências que necessitem a intervenção da PM.      

 

Reportagem publicada na página 03 da edição 353 da Gazeta de Votorantim de 22 de fevereiro a 06 de março de 2019

 

 



Veja mais fotos:

  1. Escola de samba ensaia para desfilar em Tatuí. Crédito: João Pedro Araujo

  2. Escola de samba ensaia para desfilar em Tatuí. Crédito: João Pedro Araujo
  3. Organização se prepara para o desfile do bloco. Crédito: Divulgação

  4. Organização se prepara para o desfile do bloco. Crédito: Divulgação
  5. Momento é de reencontro festivo. Crédito: Diego Vieira/ Divulgação

  6. Momento é de reencontro festivo. Crédito: Diego Vieira/ Divulgação
  7. Animação não faltou para os foliões da terceira idade. Crédito: João Pedro Araujo

  8. Animação não faltou para os foliões da terceira idade. Crédito: João Pedro Araujo
  9. Na Apevo, teve Cleopatra, Diabo, Diabinha e Mulher Maravilha. Crédito: Thaís Marques / Divulgação

  10. Na Apevo, teve Cleopatra, Diabo, Diabinha e Mulher Maravilha. Crédito: Thaís Marques / Divulgação
  11. Capitão Divaldil de Souza Rocha. Crédito: Ana Maria Agmont

  12. Capitão Divaldil de Souza Rocha. Crédito: Ana Maria Agmont







Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.