Anterior

Delegacia Eletrônica começa a registrar violência doméstica e outros crimes

04/04/2020

Anterior

Próxima

Coluna Jogadores famosos que deixaram saudades

04/04/2020

Próxima
04/04/2020 - 22:27
Cerca-lourenço do Esporte, edição nº 358 - Kaká Martins - O super time do E.C. Jd. Clarice
 Foto: Divulgação 

Time de 2010

 

Kaká Martins

 


Amigos do esporte, em especial os "varzeanos" apaixonados e alucinados pelo tradicional futebol de nossa cidade, vamos falar um pouco de alguns times, campeões em épocas diferentes do certame mais importante de Votorantim, em virtude da paralisação das atividades esportivas, afinal, não sabemos que desfecho disso teremos, e quando a bola voltará a "desfilar" em campo.

Na edição de hoje, vamos falar do "Leão" do Jd. Clarice, das cores amarelo e preto, que nasceu em 1993, com iniciativa do querido Tadeu Mendes e amigos. Entrou num campeonato da terceira divisão e foi galgando até a elite do Varzeano e sagrando-se pentacampeão até 2017.

A hegemonia do time depois de 2009 será lembrada eternamente, não somente pelo tricampeonato (2010,11 e 12), mas também pela invencibilidade deste período somada a alguns jogos do ano seguinte: foram 70 jogos sem perder.

Tadeu, Catarino, Silvano, Ricardo (presidente da Torcida), Toninho Grandão e amigos, foram os responsáveis pelo sucesso dos "Timaços" do Clarice, que encheram os olhos de alegria e prazer, daqueles que acompanhavam os jogos, sendo torcedor ou não do "Leão".

Olhos cheio de alegria por uns e "ódio" pelos rivais, que tentavam a todo custo "quebrar" aquela hegemonia que foi acabar em 2013, quando o time caiu nos pênaltis frente ao Rio Acima, que na época acabou como vice-campeão, perdendo a final para o outro supercampeão, Cachoeira da Chave.

O meia "10", Andrezinho, foi o maestro daquele time que ainda contava com a classe do goleiro Joelson Clemente, a categoria de Leandrão, garra de Danilo, Marcão e Luiz, força de Renato, o futebol refinado de Moisés, velocidade de Ricardinho, Pêre e Val, persistência de Martin, estrela de Beto Mariano, Willian, Tubarão e Tilica, e sabedoria dos comandantes Haroldinho e Décio Prado, sem contar outros grandes craques que contribuíram com as três taças consecutivas conquistadas com raça, união, amizade e muita categoria.

Muitas críticas se ouvia nos "campos" (dos adversários e corneteiros) por conta do alto investimento em jogadores, a exemplo do que estava acontecendo em Sorocaba, e nos dias atuais. Porém, o Clarice foi atrás dos seus apoiadores, e apaixonados pelo time que, uniram suas forças para negociarem os melhores jogadores da época, tendo o futebol amador sido recompensado com jogos e finais inesquecíveis, que estarão para sempre guardadas na memória do torcedor.

O Esporte Clube Jardim Clarice merece estar no painel dos grandes campeões regionais e é referência no quesito organização, planejamento e dedicação do grupo, mesmo quando não estão em campo brilhando.


Coluna publicada na página 12 da edição 358 da Gazeta de Votorantim de 04 a 09 de abril de 2020









Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.