Anterior

Eleições 2020 - Espaço Democrático - Fernando de Oliveira Souza - Uma resposta cada vez mais solidária

03/08/2020

Anterior

Próxima

Eleições 2020 - Espaço Democrátivo - Marcão Papeleiro - Votorantim pode ser decisiva no futuro da RMS

03/08/2020

Próxima
03/08/2020 - 00:56
Eleições 2020 – Espaço Democrático - Pr. Dr. Luiz Carlos - Os prestadores de serviços em tempo de pandemia

.

.

Compreendemos a atual situação de pandemia e todos os esforços e cuidados para impedir que a saúde e a economia sejam afetadas.

Entretanto, salta aos olhos a luta incansável dos nossos prestadores de serviços, especialmente os barbeiros, cabeleireiros, manicures, pedicures, trancistas e demais profissionais da área que, desde março, vêm sofrendo com os efeitos da pandemia.

Foi-se o tempo em que se considerava a frequência ao salão de beleza e/ou estética apenas uma evidência da vaidade humana. Hodiernamente os serviços prestados por esses profissionais são de higiene e saúde.

As autoridades precisam olhar para esse ramo da economia que gera renda e empregos e, infelizmente, são pequenos empreendedores, sem muitos recursos disponíveis.

Os salões de Votorantim são, na maioria, de pequeno e médio porte, ressaltando que esses profissionais (pela própria atividade) são habituados a observar os protocolos de higiene e saúde; são fiscalizados pelos órgãos de controle da cidade.

Há percepção na população e estudiosos do assunto de que 30% dos prestadores de serviços não conseguirão retomar suas atividades, ou seja: podem desaparecer.

O funcionamento e a retomada, ainda que parcial, controlado e com 

medidas sanitárias não contribuirá com a propagação do vírus, e nem será um relaxamento das medidas de prevenção da Covid-19. Será sim um fôlego para que esses profissionais (que se comprometem a observar todas as medidas), possam se sustentar e pagar seus boletos, aluguéis, tributos, etc.

O vírus é o inimigo a ser batido; todos devemos ficar nas trincheiras, todavia, com a redução dos casos e o próprio aprendizado da população, é possível encontrar um denominador comum para que essa categoria de trabalhadores e empreendedores não seja mais castigada. 

O brasileiro já provou que tem o poder da superação e é criativo e logo, logo viraremos a página chamada coronavírus.

 

 

 

Coluna publicada na página 10, da edição nº 375, da Gazeta de Votorantim, de 01 a 07 de agosto de 2020. 










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.