Anterior

Votorantim registra mais 29 casos de Covid-19

05/08/2020

Anterior

Próxima

Mulher é assaltada no Centro, em Votorantim

05/08/2020

Próxima
05/08/2020 - 17:54
Corinthians e Palmeiras fazem primeiro jogo da final do Paulistão nesta quarta-feira (5)
 Foto: Cesar Greco/Palmeiras/Reprodução Federação Paulista de Futebol 

O duelo desta quarta é apenas o primeiro rumo ao título estadual

.

.

 

Murilo Munhoz

 

“Futebol se ganha no campo” e “O Jogo só termina quando o juiz apita”. Estas são algumas expressões usadas por aqueles torcedores mais brandos para responderem as provocações de seus adversários. E provocações são alguns dos ingredientes que prometem incendiar o jogo desta quarta-feira (5) entre Corinthians e Palmeiras, às 21h30, na Arena Corinthians, válido pela final do Campeonato Paulista de 2020. A partida é apenas o primeiro confronto entre as equipes rumo ao título, que será decidido definitivamente no próximo sábado (8), às 16h30, no Estádio do Palmeiras.

Para o jogo desta quarta-feira (5), as equipes prometem repetir dentro de campo a rivalidade que há tanto tempo os acompanha, visto que fora das quatro linhas, alguns ingredientes já começaram a apimentar a decisão desde o último domingo (2), quando as equipes venceram seus adversários nas semifinais e garantiram a passagem para a decisão. Como o fato da diretoria Corinthiana se negar a testar seus jogadores contra o Coronavírus, alegando estar confinada no centro de treinamento desde a volta do campeonato e os palmeirenses serem a favor do teste, mesmo para equipes que estejam confinadas.

Vale ressaltar que a diretoria Palmeirense, segundo informações de vários programas esportivos, liberou seus jogadores após os jogos.

E ingredientes é o que não devem faltar também dentro de campo, já que do lado alvinegro, ganhar o campeonato significa atingir uma marca histórica e se tornar tetra, vencendo a quarta final consecutiva e ao mesmo tempo ganhar um respiro e aumentar um pouco de confiança para o resto da temporada onde disputará outras duas competições, e de quebra aumentar o retrospecto contra o seu maior rival. Porém, do lado alviverde, vencer o campeonato em cima de seu maior rival significa brecar o retrospecto do time corinthiano contra si nos últimos quatro anos principalmente, voltar a levantar um troféu na competição que ganhara pela última vez há doze anos (2008) e ainda levar seu treinador ao penta justamente pela mesma equipe, sendo que Vanderlei Luxemburgo ajudou o Palmeiras a levantar o caneco no Paulistão nos anos de 1993, 1994, 1996 e 2008.

A final desta quarta-feira nunca será uma qualquer, já que Corinthians e Palmeiras são rivais declarados desde sempre e protagonizaram grandes jogos tanto pelo campeonato Paulista, tanto pelo Campeonato Brasileiro e, também pela Libertadores da América, de onde os alviverdes eliminaram seus rivais por dois anos consecutivos, nas quartas de final de 1999 e na semifinal em 2000, ambas nos pênaltis.

Já no certame estadual ainda tem a polêmica recente vivida em 2018, onde os corinthianos ganharam o campeonato do estádio palmeirense após uma polêmica arbitragem.

Resumindo, o jogo desta quarta-feira (5) será mais um de intensa emoção para os torcedores de ambas as equipes, que podem fazer história no próximo sábado (8).

A partida pelo lado do Corinthians se iniciará com Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Carlos Augusto; Gabriel, Ederson e Luan; Mateus Vital, Ramiro e Jô. Já pelo Palmeiras o onze inicial deve ter Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Matías Viña; Patrick de Paula, Gabriel Menino e Ramires; William, Rony e Luiz Adriano.

O Derbi poderá ser acompanhado pelo torcedor apenas pela televisão, devido à pandemia causada pelo novo coronavírus e será transmitida pela Rede Globo, Sportv e Premiere.

 










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.