Anterior

Eleições 2020 - Espaço Democrático - Rodrigo Chizolini - O futuro da geração de empregos em Votorantim

10/08/2020

Anterior

Próxima

Programa Olho Vivo estreia na TV Votorantim

10/08/2020

Próxima
10/08/2020 - 01:38
Eleições 2020 - Espaço Democrático - Silvano Donizeti Mendes - Os desafios da área da Saúde e as dificuldades de quem depende dela no município

.

.

Gostaria de abordar no espaço democrático e de suma importância para nós, pessoas públicas, dois assuntos relacionados à saúde: deslocamento para outras cidades e tele-consulta via tele-medicina.

Um administrador público primeiramente deve pensar, agir e usufruir do próprio sistema do qual confia e por meio desta experiência, melhorar, principalmente o atendimento e amenizar o sofrimento daqueles que estão angustiados, aguardando a marcação de um exame, ou aqueles que se deslocam para outras cidades, como por exemplo para realização do tratamento de hemodiálise.

Um prefeito deve e tem que estar no balcão de um posto de saúde ou pronto-atendimento. Imaginem a confiança que passaria para o seu munícipe. Ele também deve passar pela experiência da espera do atendimento. Deve observar de perto todos os detalhes do funcionamento do sistema como um todo e melhorar isso com uma equipe corajosa e eficaz.

Acompanho diariamente relatos de pessoas que realizam hemodiálise em outras cidades, e acredito que uma das prioridades da saúde, com um orçamento considerável, porém mal gerido no país, é eliminar o deslocamento destes pacientes para outros centros de tratamento, pois o sofrimento e angústia por vezes, matam mais do que a própria doença.  O cidadão contribuinte não merece passar por isso. Acompanhei o orçamento do município e vi de perto a possibilidade de viabilizar vários tratamentos no município.

O pós-pandemia forçará prefeitos a colocarem em prática, aquilo que já deveríamos estar utilizando, visto que novas tecnologias, protocolos e o acesso a Internet permitem: o contato médico/paciente por vídeo em casos em que não haja a necessidade do contato físico. O processo iria facilitar e agilizar atendimentos e consultas, melhorando a qualidade de vida, além de desafogar o sistema. 

 

 

 

 

 

Coluna publicada na página 11, da edição nº 376, da Gazeta de Votorantim, de 8 a 14 de agosto de 2020.










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.