Anterior

Justiça acolhe apelação e diz que Lilo tem que indenizar Fabíola e remover postagem com conteúdo fake

28/09/2020

Anterior

Próxima

Inscrições para bolsas remanescentes do ProUni terminam quarta-feira

28/09/2020

Próxima
28/09/2020 - 11:13
Cônsul de Israel, Alon Lavi, visitou Votorantim
 Foto: Jorge Silva 

Visita ao Bandeiras Centro Empresarial

.

.

Luciana Lopez


O cônsul Geral de Israel em São Paulo, Alon Lavi, esteve em Votorantim na terça-feira (22). Sua visita foi para fazer uma aproximação empresarial e cultural. Ele esteve na Câmara Municipal de Votorantim, na Prefeitura e também no Bandeiras Centro Empresarial.

O Rabino Mário Moreno foi quem intermediou a vinda do cônsul a Votorantim, com o apoio do vereador Luiz Carlos (PSL).

Alon Lavi é bacharel em Engenharia Biotecnológica na Universidade Ben-Gurion, em Israel, conduziu pesquisa no Instituto de Bioquímica, na Universidade de Oxford, na Inglaterra, e é mestre em Resolução de Conflitos e Negociação pela Universidade Bar Ilan, em Israel. 

Na Câmara Municipal de Votorantim, o cônsul foi recebido pelos vereadores Luiz Carlos (PSL), Zelão (PT), Alfredo Pissinato Júnior (PSDB) e Adalberto Farmacêutico (DEM). O vereador Bruno Martins (DEM) chegou mais ao final da visita. No local, os vereadores apresentaram um panorama das vocações econômicas, turísticas, culturais e educacionais da cidade.

O prefeito de Votorantim, Fernando de Oliveira Souza, e o vice Lê Baeza o receberam no gabinete do Paço Municipal. Na oportunidade, o prefeito agradeceu a presença do cônsul, bem como de todos os vereadores que estavam presentes. “Estamos à disposição e trabalhando em conjunto sem bandeiras partidárias para o melhor de nossa cidade”, ressaltou o prefeito.

Também acompanharam a visita ao Paço, o secretário de Planejamento e Desenvolvimento, Milton Feitoza; o comandante do 40º Batalhão da Polícia Militar, tenente coronel Vanclei Franci, além dos vereadores Ita (Cidadania), Bruno Martins, Luciano Silva (DEM), pastor Luiz Carlos e Adalberto Leme.

O cônsul geral destacou que o consulado está de portas abertas para Votorantim e à disposição para futuras parcerias em qualquer setor. Ele também falou como a cidade foi incluída em sua agenda. “Nós temos um bom contato aqui na cidade, o rabino Mário Moreno. Ele me convidou e nós decidimos que é realmente parte de nossa agenda conhecer mais o interior de São Paulo. Ficamos na cidade de São Paulo, mas como diplomata, nós achamos que é muito importante conhecer um pouco mais do estado e, por isso, decidimos juntos, com a ajuda do vereador Luiz Carlos e outros estabelecer uma agenda interessante para conhecer a cidade, o povo da cidade, a indústria e o comércio. E esse é o motivo desta visita, e, ao final, buscar parcerias e ver como Israel e o Brasil podem estar juntos”, disse.

Em visita ao Bandeiras Centro Empresarial, o cônsul Alon Lavi pode conhecer empresas de diversos segmentos. Ele não descartou a possibilidade de estabelecer parcerias entre Votorantim e Israel. “Vi aqui no Bandeiras, tecnologias novas que eu acho que podemos, talvez, buscar parcerias entre startups israelenses e empresas daqui para ver como podem desenvolver tecnologias novas. Então, esperamos que sim, mas estamos aqui para aprender também”, comentou.

Alon Lavi ainda falou como está a relação entre Brasil e Israel e também entre o Estado de São Paulo e o país de maioria judaica. “Estamos na melhor época das relações políticas entre o Brasil e Israel. Temos amizade, proximidade, entre o governo brasileiro e o governo israelense e entre o embaixador de Israel e o governo brasileiro e, agora, nossa responsabilidade é preencher esta proximidade, esta relação com conteúdo. Conteúdo comercial, cultural, religioso e educacional. Posso ver muitas oportunidades para melhorar ainda mais as relações. Também com o Estado de São Paulo temos boas relações. O consulado tem bom contato com o Estado, com as cidades e tudo é para melhorar a vida dos povos”, analisou.

O rabino Mário Moreno que intermediou a vinda do cônsul a Votorantim, reside na cidade há 18 anos e, segundo ele, é o único judeu religioso da cidade. Há um ano e meio, mantém a Congregação Judaico-Messiânica Shema Israel, no bairro Rio Acima. “A minha motivação é poder trazer algo com benefício para a cidade de Votorantim. Nós estamos trabalhando com isso já há três anos e meio. Algumas tentativas foram realizadas e numa conversa com o vereador Dr. Luiz Carlos, no gabinete dele, ele me questionou sobre isso e eu disse que iria fazer uma nova tentativa. Na segunda tentativa consegui falar com o cônsul e ele me disse que viria com prazer a Votorantim. E agora nós estamos com ele aqui, tendo a alegria e o prazer de ver Votorantim abrindo um leque de desenvolvimento através da vinda dele, trazendo todos os recursos que a Nação de Israel tem para poder abençoar nossa cidade”, comemorou.

Sobre a sua atuação religiosa na cidade, o rabino explicou que faz um trabalho de restauração. “Inclusive, trazendo a restauração das raízes da cidade de Votorantim. A cidade foi fundada por judeus e o pessoal não sabe disso. Tem bastante gente na cidade que é descendente de judeu e também não sabe. Hoje o nosso trabalho é resgatar isso para que nós possamos ajudar a cidade de Votorantim a ter uma identidade ligada também com a nação de Israel”, elucidou.

O automobilista Átila Abreu é também empresário e gerencia o Bandeiras Centro Empresarial. Ele comentou que a visita do cônsul trouxe expectativas de futuras parcerias. “O Bandeiras ficou muito feliz em receber o cônsul de Israel, é mais uma oportunidade de trocar experiências, tecnologias entre as empresas que estão aqui no Bandeiras ou que querem se instalar. O Bandeiras serve como um polo industrial, então receber o cônsul é uma grande oportunidade de empresas locais que estão aqui mostrarem as suas tecnologias. A gente tem empresas que mexem na parte oftalmológica, parte de estética e Israel é conhecido por ser um país que detém muitas tecnologias, é um país muito avançado e pode trazer muitos negócios para quem está dentro do Bandeiras”, planeja.

O Bandeiras Centro Empresarial está localizado no centro da cidade, sendo uma área industrial. Hoje tem cerca de 80 mil m² de terreno com 40 mil m² de área construída. “Abriga empresas de diversos segmentos, de multinacionais líderes nos seus segmentos, até pessoas autônomas que queiram estar dentro do Bandeiras para gerir seu negócio ou ter seu escritório, a sua sala, usar o nosso coworking temático, com tema de corrida. O Bandeiras é para todo mundo. O Bandeiras hoje abriga cerca de 80 empresas, nós temos uma movimentação de cerca de 1500 pessoas por dia e um faturamento entre as empresas de aproximadamente R$ 1 bilhão”, finalizou Átila Abreu. (Transcrição: Murilo Munhoz)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Reportagem publicada na página 5, da edição nº 383, da Gazeta de Votorantim, de 26 de setembro a 02 de outubro de 2020.










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.