Anterior

Vazamento de produto químico no Pq. São João está controlado

01/05/2016

Anterior

Próxima

Padre espera que a próxima gestão foque na classe pobre

01/05/2016

Próxima
01/05/2016 - 13:30
Escola em tempo integral será retomada em Votorantim
 Foto: Divulgação 

Valdinei Queiroz


A secretária de Educação de Votorantim, Isabel Cristina Dias de Moraes Cardoso, informou, durante entrevista ao radiojornal Notícias Votorantim, da Rádio Nova Tropical FM, na última segunda-feira (25), que o projeto escola em tempo integral será retomado, nas próximas semanas, em seis colégios afastados da região central do município. “Devido à crise econômica, tivemos que, infelizmente, suspender momentaneamente o programa no ano passado.”

Como o orçamento do município já havia sido aprovado na Câmara, o prefeito Erinaldo Alves da Silva (PSDB) teve que apresentar um projeto de lei para a abertura de créditos adicionais especiais e suplementares que irão compor o orçamento municipal de 2016. O texto foi aprovado por unanimidade pelos vereadores, na última sessão legislativa (26). Com o aval favorável, a prefeitura pode, então, contratar profissionais que vão trabalhar nas escolas em tempo integral. Na semana passada, inclusive, houve inscrições, que já foram encerradas, ao processo seletivo para contratar professores PEB I (Pedagogia) e II (Educação Física).

A visão da Secretaria de Educação quanto ao programa é que a criança terá um complemento curricular, tendo várias atividades que vão ajudá-la no seu desenvolvimento intelectual. O estudante ficará dentro da escola aproximadamente sete horas, duas horas e meia a mais que é exigida por lei. Segundo o texto do projeto, haverá oficinas de judô, boxe, música, coral, capoeira, entre outras oficinas.

O projeto estará em dez bairros de Votorantim. O sistema já é adotado, desde 1992, pela Secretaria de Educação, em parceria com a Secretaria de Cidadania, nos Proames (Programas de Amparo ao Menor) do Conjunto Habitacional “Mário Augusto Ribeiro” (Promorar), Jardim Clarice, Vila Garcia e Itapeva. Além desses bairros, alunos de quarto e quinto anos de outras seis escolas também serão contempladas com projeto: São eles: Jardim Serrano, Fornazari, Barra Funda, Jardim São Matheus, Jardim Novo Mundo e Jardim São Lucas.

De acordo com o vereador Bruno Martins de Almeida (PSDB), a escola em tempo integral não estava prevista no orçamento de 2016 e, por isso, o prefeito teve que fazer um projeto de lei para a abertura de créditos adicionais especiais e suplementares. “O programa ficou parado por um tempo em função da crise econômica e, também, pelo alto investimento que a prefeitura pagava para uma empresa particular coordenar o projeto. Para baratear, o prefeito resolveu contratar profissionais, por meio de processo seletivo, para realizar as atividades.”

Segundo Isabel, há várias modalidades de escola em tempo integral, como, por exemplo, onde as crianças fazem atividades nos bairros; projetos sociais, muitas vezes mantidos pelo Itaú-Unicef; entre outros. A de Votorantim será um programa que incentive associações locais a oferecerem atividades às crianças, muito parecido com o projeto escola nos bairros. “Nós já temos um trabalho reconhecido na cidade, que é o Proame (Programa de Amparo ao Menor), onde as crianças participam de diversas oficinas. E esse projeto que vamos colocar em prática tem muita referência ao Proame”, finalizou.










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.